Consórcio vence licitação em Parauapebas para erguer ponte sobre igarapé

Ponte de 40 metros no Ilha do Coco terá custo de R$ 3,28 milhões, conforme lance ofertado pelas empresas União Pontes e SPE Engenharia; governo estimava gastar R$ 125 mil a mais.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

As empresas União Pontes e SPE Engenharia, que formam um consórcio construtor, foram as vencedoras da licitação de número 3/2018-024, da Prefeitura de Parauapebas, para a execução de serviços de construção de ponte em concreto armado sobre o Igarapé Ilha do Coco, na Avenida Presidente Kennedy, Bairro Beira Rio. O consórcio ofertou R$ 3.278.201,17 para realizar a empreitada, estimada em R$ 3.403.828,48 pela Secretaria Municipal de Obras (Semob). Por ser uma proposta vantajosa para os cofres públicos, o governo de Darci Lermen declarou ontem (25) o consórcio como vencedor.

As informações foram publicadas na edição desta quinta-feira (26) do Diário Oficial da União (DOU). De quatro interessadas em morder o contrato organizado pela Semob, três construtoras foram tiradas do páreo. As empresas MMD Jesus, Designe Engenharia e Senege Engenharia foram inabilitadas porque falharam em algum dos itens estabelecidos no edital da concorrência.

O Blog do Zé Dudu levantou que a Semob quer erguer uma ponte de 40 metros sobre o igarapé para facilitar a mobilidade pelo Beira Rio. Segundo o secretário municipal de Obras, Wanterlor Bandeira, a Avenida Presidente Kennedy terá sua pavimentação prolongada até a ligação com a Avenida A, nas imediações do prédio do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). No entanto, existe no trecho em questão um talvegue (espécie de caminho sinuoso) que precisa ser reparado.

“A construção da ponte vai favorecer a transposição do talvegue e permitirá proteger a via urbana contra a ação da água, o que poderia prejudicar a segurança do tráfego, ameaçar a estabilidade de taludes e aterros, além de acelerar a deterioração do pavimento”, explica Bandeira, adicionando que a obra garantirá maior fluidez no tráfego, melhorando a mobilidade para acessar bairros como Parque dos Carajás e Cidade Jardim.

Publicidade