Marabá

Comissão Brandão fará trabalho de conscientização por Carajás e Tapajós pelos bairros de Marabá

Ontem (11), à noite, a Comissão Brandão iniciou um trabalho itinerante em Marabá começando pela antiga área de invasão, hoje o grande, pacato e vistoso bairro São Miguel da Conquista. …

Ontem (11), à noite, a Comissão Brandão iniciou um trabalho itinerante em Marabá começando pela antiga área de invasão, hoje o grande, pacato e vistoso bairro São Miguel da Conquista. Trata-se de um trabalho com o uso de um mini caminhão do tipo trio elétrico que nos foi cedido gentilmente pela empresa Super Baratão Calçados, onde nós da Comissão Brandão estabelecemos um ambiente de total interação com os moradores, dando a eles, inclusive, a oportunidade de se manifestarem pelo microfone fazendo suas críticas, cobranças e sugestões.

Amanhã à tarde estaremos no bairro São Félix para uma palestra num clube militar. Hoje à noite provavelmente estaremos no bairro Laranjeiras. A partir de segunda, dia 14 as 19:30 horas estaremos todos os dias em um bairro diferente levando nossa mensagem de otimismo fé e esperança aos moradores de nossa querida Marabá.

Só iremos parar dia 11 de dezembro na hora que sair o resultado da GRANDE VITÓRIA, com a criação dos dois novos estados, TAPAJÓS e CARAJÁS.

FÉ E ESPERANÇA NO QUE VIRÁ: TAPAJÓS E CARAJÁS.

Frede Silveira
Comissão Brandão

6 comentários em “Comissão Brandão fará trabalho de conscientização por Carajás e Tapajós pelos bairros de Marabá

  1. Nina Responder

    A pesquisa realizada na última semana, a qual constata que 80%´da população do Carajás e 77% da população do Tapajós é favorável à divisão, arrasou com os argumentos das frentes contrárias, que insistiam em dizer que a divisão era apoiada apenas pelos políticos locais, que estariam interessadas no poder político que obteriam.

    É claro que os políticos daquelas regiões querem o poder, assim como os políticos daqui não querem perder nenhuma fatia do poder que possuem e mantem apenas fazendo promessas, já que o Estado do Pará inteiro sofre com a falta de políticas públicas.

    O fato é que o eleitor do Carajás e Tapajós conhecem a sa própria realidade, enquanto os eleitores do Novo Para estavam iludidos acreditando que o minério e as hidrelétricas rendiam rios de dinheiro, mas hoje descobrem que o minério rendia apenas um percentual pequeno dos royaltes e NADA absolutamente NADA, de ICMS por conta da Lei Kandir.

    A população do Novo Pará irá descobrir, também, que a energia de Tucuruí nunca lhes rendeu NADA, porque apenas os estados CONSUMIDORES recolhem ICMS. Então, somente a partir da divisão é que o cidadão Paraense verá entrar dinheiro do ICMS da Hidrelétrica de Tucuruí nos cofres do Novo Pará, porque será apenas consumidor e não produtor.

    Enfim, a propaganda irá revelar aspectos desconhecidos ao cidadão paraense que depende as políticas públicas, principalmente nas áreas de educação, saúde e segurança, e são estes fatos novos que, uma vez revelados, poderão fazer a diferença na cabeça do eleitor.

    É o que espero. Não gostaria que o eleitor paraense votasse movido pela melagomania daqueles que ainda não entenderam que “tamanho não é documento”.

  2. x9 Responder

    Um novo cenário aparece com a questão de do arquipélago de Marajó reinvindicando o status de Território Federal. Acredito que a Comissão Brandão faria um cheque mate se concentrasse mais esforços naquela região encorajandoos na sua pretensão e pedindo apoio para o Carajás e Tapajós.

  3. José /Soares - Pres. Comissão Brandão Responder

    Olá Zé Dudu, nossos cumprimentos com um forte abraço carajaense. Tive a oportunidade de falar rapidamente com você por telefone ontem, não podendo por motivo de compromissos inadiáveis aprofundar a conversa neste primeiro contato; portanto aproveito para me colocar ao seu inteiro dispor e lhe parabenizar pelo magnífico trabalho em prol do Estado de Carajás bem como o de transmitir informações generalizada através de seu blog. Quero lhe informar que neste dia de hoje (domingo 13/11/11) a Comissão Brandão está realizando evento pró Carajás aqui no Distrito de Vitória da Conquista de Carajás, no município de Novo Repartimento, juntamente com lideranças locais que defendem a transformação desta localidade em mais um município do nosso Estado de Carajás, contando também com uma grande concentração popular em praça pública. Além das 39 sedes de municípios, temos ainda 26 Distritos (Zona Rural) que em sintonia com a Comissão Brandão trabalham unidos com o mesmo objetivo até o dia 11/12/2011 pelo SIM – 77. “Se é bom pra todos não podemos ser contra”. José Soares

  4. Esperança. Responder

    Sou Contra,cuidado gente da terra do ferro,ELES dividiram Goiás e Mato-Grosso e nada melhorou para o povo,querem pagar pra ver ? o que falta é mais cobrança desses políticos que so querem é mais espaços pra se darem bem,acorda gente e cobrem,para o ano tem eleição e eu não quero contribuir pra mais despesas com a instalação dessa turma em gabinetes.

Deixe seu comentário