Cidadania, MDB e Solidariedade na disputa pela Prefeitura de Goianésia do Pará

Com as eleições marcadas para 3 de outubro deste ano pelo TSE, os partidos já realizaram suas convenções
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

Três partidos definiram, em convenções partidárias, nomes à Prefeitura de Goianésia do Pará, que realiza eleição suplementar para a escolha de prefeito e vice no dia 3 de outubro. Russinho, Pastor Davi e Gilmara Lacerda encabeçam a disputa eleitoral.

Francisco Eduardo Oliveira, o Eduardo Russinho, teve o nome referendado na convenção do Solidariedade ocorrida no sábado, Loja Maçônica Fernando Cabral, que aprovou o nome do vice, o ex-vereador Ivanildo do Rego Lima. Russinho é filho do ex-prefeito João Gomes da Silva, o Russo, assassinado há 5 anos.

Também está na disputa pela Prefeitura de Goianésia do Pará, é o atual prefeito em exercício e presidente da Câmara de Municipal, vereador Francisco David Leite Rocha, o pastor Davi, que assumiu o cargo em janeiro. O nome do gestor foi confirmado nessa segunda-feira (9) em convenção do MDB, no ginásio poliesportivo Leandro Martins. Ele terá como vice Welliton Ferreira Orbano.

E uma mulher disputará a preferência do eleitorado do município. Ela é Gilmara Lacerda Paulúcio, esposa do ex-vereador Tiaguinho. Gilmara é candidata pelo Cidadania e terá como vice Kleber Sampaio.

Suplementares

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) confirmou a data para a realização das eleições suplementares no município, que estão marcadas para acontecer em 03 outubro de 2021. Segundo dados do TRE-PA, Goianésia registra 21.409 eleitores, destes 18.283 já realizaram cadastro biométrico.

(Antonio Barroso)