Candidato a reeleição, prefeito de Nova Ipixuna é preso em boca de urna

Por Ulisses Pompeu – de Marabá Sebastião Damascena Santos, o Tião Damascena (PTB) atual prefeito e candidato à reeleição em Nova Ipixuna, foi preso na manhã deste domingo, por volta …

Por Ulisses Pompeu – de Marabá

Sebastião Damascena Santos, o Tião Damascena (PTB) atual prefeito e candidato à reeleição em Nova Ipixuna, foi preso na manhã deste domingo, por volta de 9 horas, acusado de fazer boca de urna na escola Maria Irani, no centro da cidade.

A denúncia foi feita pelas coligações dos candidatos Maria das Graças Medeiros (PT) e Everton Freitas (PR) e a prisão foi feita pelo juiz eleitoral Cristiano Magalhães. O candidato ficou detido em uma sala da mesma escola, foi lavrado um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) em depoimento e no final desta manhã foi liberado.

Todavia, o fato mais grave ainda está em apuração. Segundo a promotora Alexssandra Mardegan, um eleitor que acabara de receber um santinho de Damascena, disse que o candidato teria prometido vantagem financeira caso votasse nele.


Um comentário em “Candidato a reeleição, prefeito de Nova Ipixuna é preso em boca de urna

  1. anonimo Responder

    QTO A INFORMAÇÃO SOBRE O CANDIDATO TIÃO DE NOVA IPIXUNA, AS INFORMAÇÕES ESTÃO ERRADAS, ele nao é o atual ´prefeito e sim o Alvarenga, ELE FOI PRESO PELA PM APÓS DENUNCIA DA ADVOGADA DA ADVERSARIA, DRA MARIA, ELE NAO FICOU DETIDO EM SALA DE ESCOLA E SIM FOI LEVADO A DELEGACIA ONDE FOI OUVIDO EM TERMOS PELO DELEGADO.

Deixe seu comentário