Canaã dos Carajás vai pagar quase triplo por mão de obra terceirizada do Idurb

Se contratação de 4 auxiliares administrativos, 2 topógrafos, 4 secretários de nível superior e 1 geólogo fosse diretamente pelo Executivo, sairia R$ 36,8 mil; terceirizando, pula a R$ 95,5 mil
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

Uma estranha contratação que acaba de ser anunciada pelo Instituto de Desenvolvimento Urbano (Idurb) de Canaã dos Carajás promete dar o que falar no pequeno e endinheiradíssimo município governado por Josemira Gadelha. Braço do Poder Executivo para assuntos relacionados ao desenvolvimento local, o Idurb pretende conferir propostas comerciais de um pregão eletrônico no apagar das luzes de 2021 com vistas a selecionar uma empresa que preste serviços “comuns e contínuos de cessão de mão de obra”.

Até aí, tudo bem: seria mais uma terceirização no mapa do Brasil. O detalhe é que o valor a ser repassado à contrata para cada empregado terceirizado é praticamente o triplo do salário real a ser recebido pelos futuros colaboradores. As informações foram levantadas com exclusividade pelo Blog do Zé Dudu, que analisou o edital do pregão que já está circulando na praça.

Conforme justificativa do Idurb que acompanha o edital, a relação de cargos e salários do órgão não prevê os postos que estão sendo demandados, razão pela qual “se faz necessário o incremento de mais profissionais nas suas devidas áreas de atuação, atendendo assim o escopo das atribuições” do instituto.

Sobrepreço

O Idurb quer terceirizar serviços de quatro auxiliares administrativos com salário no valor de R$ 2.675,94; dois topógrafos no valor de R$ 2.555,11; quatro secretários de nível superior no valor de R$ 3.877,26; e um geólogo no valor de R$ 5.494,74. O custo mensal aparentemente seria de R$ 36.817,76 com os salários de todos eles. Seria, não fosse tornar-se quase o triplo para a conta da contratada — exatos R$ 95.539,94 — devido a um monte de encargos.

Os cofres do Idurb terão de repassar à vencedora do pregão R$ 7.348,86 por auxiliar administrativo; R$ 7.250,55 por topógrafo; R$ 9.806,22 por secretário de nível superior; e R$ 12.418,52 por geólogo. Ao todo, o custo estimado dessas contratações, via terceirização, por um ano, é de R$ 1.146.469,32. Se fosse feita contratação direta de temporários pelo Executivo municipal, o valor seria de R$ 441.813,12.

O governo local alega que Canaã dos Carajás passa por momento de investimentos em infraestrutura e aquecimento no que tange a edificações e ao mercado imobiliário, bem como avanços significativos na regularização fundiária urbana, o que exige do Idurb investimentos para acompanhar e atender com excelência a essas demandas, “fazendo-se assim necessário essa terceirização para melhor andamento dos trabalhos na autarquia”.

%d blogueiros gostam disto: