Câmara Municipal de Jacundá tem energia cortada por falta de pagamento

O Poder Legislativo jacundaense está devendo duas faturas à Equatorial Energia, que não perdoou e passou o alicate!
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

O fornecimento de energia elétrica da Poder Legislativo de Jacundá, no sudeste paraense, foi interrompido pela empresa concessionária Equatorial Energia, na tarde de ontem, quinta-feira (27). Na manhã desta sexta-feira (28), o vereador Daniel Siqueira Neves tornou o caso público.

“Estamos sem energia, foi cortada por falta de pagamento. Houve contratempos, pois a empresa não mandou o talão de energia”, justificou o parlamentar. Segundo ele, conforme foi repassado pela tesouraria da Casa, duas faturas estão atrasadas.

“Estamos fazendo o nosso atendimento aqui na frente. Hoje não podemos fazer nenhum tipo de documentação”, disse ele durante uma transmissão via rede social.

No mês de julho deste ano, a Câmara Municipal recebeu R$ 239.882,21. No Portal da Transparência as despesas deixaram de ser exibidas. Até o momento a Mesa Diretora não se manifestou sobre o assunto.

(Antonio Barroso)

Deixe seu comentário

Posts relacionados