Câmara de Parauapebas recebe Selo Diamante no Programa Nacional de Transparência Pública

No Pará, foram avaliadas 141 câmaras municipais e apenas 15 receberam a mais alta avaliação

Continua depois da publicidade

O Portal da Transparência da Câmara Municipal de Parauapebas (CMP) conquistou o Selo Diamante, a mais alta posição na avaliação do Programa Nacional de Transparência Pública 2023, com índice de 95,34%. O programa é uma iniciativa da Associação dos Membros dos Tribunais de Contas do Brasil (ATRICON), em parceria com os Tribunais de Contas de todo o país, para promover ações voltadas à ampliação da transparência das informações do poder público, através da fiscalização dos sites.

No Pará, foram avaliadas 141 câmaras municipais e somente 15 receberam o Selo Diamante. A CMP saiu da classificação intermediária em 2022, para a mais alta em 2023. Isso tudo só foi possível por conta de um esforço da atual gestão, sob o comando do presidente da Casa, o vereador Rafael Ribeiro (MDB), que sempre deixou claro a necessidade de tornar os trabalhos legislativos os mais transparentes possível, permitindo, portanto, que as informações se tornem mais acessíveis à população.

No ano passado, o primeiro da sua gestão, a Casa de Leis parauapebense passou por intensa programação, tendo como “carro-chefe” o projeto Câmara do Futuro, que engloba iniciativas como o Museu do Legislativo, Vereador Mirim, Parlamento Jovem, Escola do Legislativo e o sucesso “Câmara nos Bairros”, realizada em três edições. 

Sobre o presidente da CMP

Rafael Ribeiro Oliveira, nasceu em 26 de novembro de 1993, no Bairro da Paz, em Parauapebas, e é o filho mais novo de uma família de três irmãos. De origem humilde, ainda criança precisou trabalhar para ajudar no sustento de casa. Na infância, se destacou como líder estudantil. Em sua primeira eleição, aos 18 anos, obteve 518 votos. Na seguinte, aos 22, atingiu 988 votos, conquistando a primeira suplência do MDB. Em 2017, assumiu a Coordenadoria Municipal da Juventude, oportunidade em que desenvolveu importantes projetos e políticas públicas voltadas ao segmento juvenil.

Aos 23 anos, assumiu como suplente na CMP, se tornando o primeiro vereador nascido e criado em Parauapebas, e o mais jovem parlamentar da história do município. Na oportunidade, apresentou mais de 140 proposições que melhoraram a vida da população com projetos importantes como o Cursinho Popular da Juventude e muitos outros. 

Em 2020, Rafael Ribeiro foi eleito com 2.223 votos, sendo o sexto mais votado do município e o mais jovem parlamentar da atual legislatura, aos 27 anos. Em dezembro de 2022, foi eleito presidente da Câmara para o biênio 2023-2024, sendo o mais novo e o primeiro chefe do Poder Legislativo nascido em Parauapebas.

Ele é evangélico, casado com Érica Ribeiro e pai de Brayan Lucas. Servidor público efetivo da Prefeitura de Parauapebas desde 2015, Ribeiro é formado em Direito, e atualmente faz especialização na área de Gestão Pública.

Por esse currículo, seus feitos como vereador e presidente do Poder Legislativo local, não por acaso seu nome é propagado pelos quatro cantos da cidade, o colocando como uma opção viável e preparada para concorrer à prefeitura de Parauapebas em 2024.