Bom Jesus do Tocantins: Programa “Forma Pará” realiza aula inaugural no município

O projeto ofertou o curso de Ciências Contábeis para o município pela chamada de 2020. Na chamada de 2021, que tem edital previsto para outubro, Bom Jesus do Tocantins será contemplado com o curso de Agroecologia
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

O Programa “Forma Pará” realizou aula inaugural com os calouros do curso de Ciências Contábeis em Bom Jesus do Tocantins, no sudeste do Pará. A aula inaugural aconteceu, nesta quinta-feira (9), em solenidade em um clube da cidade.

O Projeto Forma Pará é uma ação do governo do estado que visa reduzir o déficit de acesso à formação superior, principalmente entre os jovens paraenses. O município de Bom Jesus do Tocantins foi contemplado, na chamada de 2020, com o curso de Contabilidade e, na chamada de 2021, que tem edital previsto para outubro, será contemplado com o curso de Agroecologia.

Uma das calouras de Contabilidade, Valéria Covre participou da primeira aula com a filha Alice no colo. “Estudar é um sacrifício que tem retorno garantido”, frisou a universitária, referindo-se à dificuldade que enfrentará para cuidar da filha, de quatro meses, e dos estudos ao mesmo tempo.

Para ela, ter essa oportunidade, vai transformar sua vida. “É maravilhoso. É excepcional poder fazer um curso de uma universidade federal no conforto da nossa cidade”, ressaltou a universitária, que é uma das alunas da Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará (Unifesspa).

O “Forma Pará”, que oportuniza o aluno a fazer um curso superior em seu próprio município, é desenvolvido pela Secretaria de Ciência, Tecnologia e Educação Superior, Profissional e Tecnológica (Sectet).  “Eu espero que todos agarrem firme essa grande oportunidade”, incentivou o titular da Sectet, Carlos Maneschy, que ministrou a palestra da aula inaugural da turma.

Falando sobre o poder transformador da educação, o secretário citou sua própria experiência. Ele contou que foi pela oportunidade de estudar que chegou a ser reitor da Universidade Federal do Pará (UFPA).

“A experiência que tive com a educação eu gostaria que muitas e muitas pessoas também tenham e, assim, possam mudar suas vidas para melhor. Destaco a sensibilidade, o espírito visionário do governador Helder Barbalho em apostar e investir nesse programa, que dá oportunidade de formação a nossa gente”, enfatizou.

A secretária adjunta da Sectet, Edilza Fontes, destacou que fazer o ensino superior é uma oportunidade única. “Comecem e terminem esse curso. Infelizmente, no nosso País, essa ainda é uma oportunidade para poucos e vocês são privilegiados”, salientou Edilza, que é gestora do “Forma Pará”.

O reitor da Unifesspa, Francisco Ribeiro, também incentivou os calouros a não desistir dos estudos e concluir a formação superior. “Não desistam. Encarem o desafio e construam os seus caminhos”, orientou o reitor.

Entre os calouros de Contabilidade está prefeito de Bom Jesus do Tocantins, João Rocha. “Vou enfrentar dificuldades por causa dos compromissos na prefeitura, mas serei aluno como vocês e vamos trocar muitas experiências”, disse o prefeito que agradeceu a parceria com o governo do estado, para levar educação superior ao município.

“Agradeço ao secretário Carlos Maneschy, que idealizou junto com o governador Helder Barbalho esse que é um dos melhores programas já desenvolvidos no estado. O Forma Pará é mais que trazer a universidade para as cidades que não têm. Vai além. É conhecimento, tecnologia, ciência, modernização, avanço. Enfim, é qualidade de vida”, afirmou o prefeito.

Tina DeBord – com informações da Sectet