Esportes

Barca da Bola perde para o Nova Ipixuna na final do Copão Intermunicipal Abel Figueiredo

O sonho do time Barca da Bola de conquistar o bicampeonato do 15° Copão Intermunicipal Abel Figueiredo de Futebol foi interrompido na tarde deste último sábado (13). A equipe de Parauapebas chegou a decisão diante da Seleção de Nova Ipixuna, e acabou derrotada pelo placar de 2 a 1, no Estádio Britão, e perdeu a chance de vencer outra vez a competição, já que havia levantado o caneco em 2018. O gol da equipe foi marcado por Esquerdinha, enquanto que Balão Marabá e o zagueiro do adversário assinalaram para a Seleção de Nova Ipixuna.

“Um pouco mais de concentração nos daria o bicampeonato. Tivemos duas boas oportunidades para virar o jogo e não aproveitamos e o time adversário em uma bola parada aproveitou a falta de atenção nossa e marcou o segundo gol e depois se fechou e nós não conseguimos o empate”, afirmou Renatinho, técnico do time Barca da Bola.

A equipe foi muito bem representada esse ano, levando uma verdadeira seleção para o município de Abel Figueiredo, com jogadores acostumados a disputar competições importantes dentro da cidade e com atletas que tiveram a oportunidade de jogar em equipes de futebol profissional. O time do Barca da Bola entrou em campo na final com o futebol de: Tiago; Ítalo, Rodriguinho, Bigu e Coiote; Maranhão, Lucas Pará, Jorge e Ribamar; Balotelli e Esquerdinha, sendo comandado pelo técnico Renatinho e tendo Santos como auxiliar.

O Copão Abel Figueiredo contou com a participação de 16 equipes, entre elas times profissionais como Gavião Kyikatejê, da cidade de Bom Jesus do Tocantins, e que disputa a Segundinha do Parazão, além do recém-criado Sport Club Itupiranga, que deve participar esse ano da segunda divisão do Campeonato Paraense. A Seleção de Nova Ipixuna como campeã, levou uma premiação de dez mil reais e o Barca da Bola como vice-campeão faturou três mil reais.

O Barca da Bola fez sua estreia diante da Juventus da cidade de Rondon do Pará e começou bem vencendo o adversário com o placar de 4 a 2, com dois gols de Esquerdinha, um de Will e outro de Júnior Chico. A equipe embalou e foi para o segundo jogo diante do Miller, também de Rondon do Pará, e outra vez o time da cidade de Parauapebas venceu, agora pelo placar de 2 a 1 e avançou para a semifinal.

O adversário da semifinal foi a equipe do Nova Vida da cidade de Marabá e o Barca da Bola passou sem muitas dificuldades, vencendo por 3 a 0, com dois gols de Esquerdinha e um de Biba. A final foi perdida nos detalhes para a boa equipe da Seleção de Nova Ipixuna do Pará, que também montou um time competitivo e esse ano ficou com o caneco da competição que é considerada a maior e melhor da região sudeste do estado do Pará.

“Em nome do grupo Barca da Bola nossos agradecimentos ao secretário Laoreci Diniz e ao adjunto Kledson Caetano, o Nego, pelo apoio que a Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (Semel) nos deu e mais os patrocinadores: Dr. Felipe Augusto da Clincor, Central Motos e ao grande parceiro nosso Léo Resende”, finalizou Renatinho, técnico do Barca da Bola.

Por Fábio Relvas

Deixe seu comentário