Aniversário de 105 anos de Marabá vai ser prévia de Festa Junina

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

Numa entrevista coletiva realizada às 10 horas desta quarta-feira, dia 28 de março, o prefeito de Marabá, Tião Miranda, anunciou a programação de aniversário da cidade, que vai se estender durante todo o mês de abril, embora a data comemorativa seja dia 5. O fato que chama a atenção na programação e que mais se repete é a participação de grupos folclóricos locais, principalmente bois-bumbás e quadrilhas juninas, que foram valorizados: ao todo são seis participações de grupos diferentes nos três primeiros dias.

A programação inicia logo no dia 1º de abril, sábado, com apresentação do Boi Bumbá Estrela Dalva, Grupo de Tradição Popular Mayrabá  e Quadrilha Fogo no Rabo. Todos os shows e apresentações artísticas vão acontecer na Praça São Félix de Valois, na Marabá Pioneira.

No dia 2, haverá inauguração da Escola Cristo Rei e shows artísticos com Boi Bumbá Rei do Campo, Studio de Dança Flávio Fernandes e apresentação da Quadrilha Amor Perfeito.

No dia 3, o Boi Bumbá Flor do Campo abre as apresentações da noite, com participação da Cia de Dança Yaguara e Quadrilha Gigante do Norte.

No dia 4, véspera do aniversário de Marabá, a programação começa com inauguração da Escola Francisco Coelho, apresentação do DJ Miguel Ângelo, show com Dedê Alves, queima de fogos e show nacional com Naiara Azevedo.

No dia 5, a programação será longa e em diversos locais. Logo às 6h10 ocorre alvorada com queima de fogos no bairro pioneiro da cidade (Cabelo Seco); apresentação da Banda Municipal, café da manhã com a comunidade, com direito a bolo de aniversário da cidade e parabéns pra vocês; apresentação da Banda Waldemar Henrique da Fundação Casa da Cultura; entrega de veículos para a Guarda Municipal, DMTU e coleta de lixo; inauguração da Feira Coberta da Avenida Getúlio Vargas; e inauguração da Praça do Idoso.

Já à noite, haverá reinauguração do estádio Zinho Oliveira com a final da Copa Municipal de Futebol Amador; programação cultural SESC/rodas e fitas e Tirilipa Show e Cia; show com a Banda Doksologia; Instrumental Assembleia de Deus Missão de Marabá; show com Gustavo Henrique; e encerramento com apresentação da banda nacional Som e Louvor.

No dia 6, a programação recomeça com inauguração da Escola Fé em Deus, em Morada Nova; missa presidida pelo bispo Diocesano Dom Vital Corbelini; apresentação de Erivan Santis e show com a banda Som de Santidade, da Paróquia Nossa Senhora de Nazaré, na Folha 16.

Dia 7, sábado, apresentação artística com DJ Ulysses, seguida por show com Jefferson e Gabriel e posteriormente Júlio César e banda. O encerramento da noite será com a banda Forró do Bacana, de Belém.

Do dia 13 a 15 de abril, a Fundação Casa da Cultura de Marabá vai realizar a tradicional Exposição de Orquídeas no Shopping Pátio Marabá. Encerrando a programação, do dia 27 de abril a 6 de maio será realizada a 1ª Feira do Livro do Pará, tendo como palco o espaço de eventos do Centro de Convenções Carajás.

Durante a entrevista coletiva, o prefeito Tião Miranda esteve acompanhado de vários secretários municipais, representantes da Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e Vale. O gestor disse que a cidade merece uma extensa programação e também entrega de obras para melhorar a autoestima de todos.

Uma das novas obras será a Feira Coberta da Avenida Getúlio Vargas, um pedido dos feirantes e que está sendo atendido pela gestão municipal. “Temos ainda muitas obras em andamento que serão entregues nas semanas seguintes. Só na educação estamos investindo cerca de R$ 30 milhões entre construção e reforma de escolas”.

Indagado pela Reportagem do blog sobre um “pacotão” de asfalto de ruas que está sendo preparado para o verão deste ano, o prefeito reconheceu que vai melhorar as condições de trafegabilidade e também de qualidade de vida dos marabaenses.

Ele não soube precisar a quantidade de ruas e quantos quilômetros vão abranger ao todo, se limitando a informar sobre a liberação de recursos com empréstimo da Caixa, com valor superior a R$ 40 milhões, além de outro pacote em parceria com a mineradora Vale e terceiro com recursos próprios. “No verão, vamos transformar as ruas de nossa cidade em canteiro de obras”, avisou.