Altamira: Saskia Silva é campeã do Fecant Comunidade

A vencedora tem 16 anos de idade e levou a premiação de 6 mil reais, com a canção "Minha Felicidade"

Continua depois da publicidade

Saskia Silva, de 16 anos, do bairro da Brasília, de Altamira, foi a grande vencedora do “Fecant Comunidade”. A edição especial do Festival Canção da Transamazônica voltada aos cantores com idades entre 6 e 17 anos, aconteceu na noite de sábado, 9, na Casa Memória, em Altamira, com público presencial e transmissão on-line ao vivo pelo canal do festival no Youtube. Sáskia levou pra casa o prêmio de R$ 6 mil. O patrocínio do Fecant Comunidade é da Norte Energia.

Saskia conquistou os jurados com a canção “Minha Felicidade” (composição de Roberta Campos e Danilo Oliveira).“Eu tô muito feliz! Muito obrigada, Fecant!”, comemorou a jovem cantora, logo após o anúncio do 1o lugar do festival. Ela foi a última a se apresentar no concurso e também foi a única a cantar tocando violão.

Em segundo lugar, ficou Glícia Krauzer, de 17 anos, também do bairro da Brasília, que levou pra casa o prêmio de R$ 5 mil. “Queria agradecer à minha família, que me apoiou muito, minha mãe, minhas madrinhas, meus amigos, que desde infância estão sempre do meu lado… tô chorando…queria agradecer também à banda que me deu suporte, à equipe do Fecant, que é maravilhosa, e também a Deus”, agradeceu Glícia.

E em terceiro lugar, ficou Mellyne Lima, de 10 anos, do bairro Independente I, de Altamira, que levou o prêmio de R$ 3 mil. Além dos prêmios, elas também receberam troféus do festival. Os demais 13 selecionados receberam prêmios de R$ 1 mil cada um. Ao todo, 16 artistas foram selecionados para se apresentar, incluindo duas adolescentes indígenas.

O cantor Lucas Lima, o “Príncipe do Brega”, fez o show de abertura, e o cantor Jeff Moraes fez o show de encerramento do festival. Jeff Moraes também apresentou o festival no palco se revezando com a cantora Naieme.

“O Fecant Comunidade cumpriu o seu papel social, envolvendo famílias e comunidades da Volta Grande do Xingu. Nós, da coordenação, ficamos muito felizes com o espetáculo que as crianças e os adolescentes deram”, comemora Joelma Klaudia, idealizadora e coordenadora do Fecant. “A competição acaba aqui, mas fica a vivência e o aprendizado das oficinas de arte-educação que oferecemos aos selecionados”, completa.

“Agradecemos à Joelma Klaudia pelo festival maravilhoso e a todos que apoiaram, incluindo a Prefeitura de Altamira e o Governo do Estado, por meio da lei Semear. É um projeto incrível. Parabenizamos a todos os intérpretes, a todos os que participaram da seleção, à banda base e à comissão julgadora, que colaboraram para que os jovens dessem o seu melhor. Nós acreditamos que a arte é um instrumento de transformação social e temos um imenso orgulho de fazer parte de tudo isso”, declarou Bruno Bahiana, gerente de Sustentabilidade da Norte Energia.

Os participantes do festival e também o público que foi prestigiar o evento presencialmente apresentaram a carteira de vacinação comprovando que receberam duas doses do imunizante contra a Covid-19.

Em novembro, acontecerá o tradicional Fecant de competição de compositores inéditos.

Talentos da Volta Grande do Xingu

O festival apresentou jovens talentos do município de Altamira e também das comunidades Ressaca e Ilha da Fazenda, no município de Senador José Porfírio, região da Volta Grande do Xingu.

Entre os candidatos, o Fecant Comunidade teve duas adolescentes indígenas: Nákakôti, de 15 anos, da aldeia Pukamei, e Viviane Juruna, de 14 anos, moradora do bairro Água Azul, de Altamira. Outros selecionados foram: Akiane, 14 anos, e Maria Vitória, de 10 anos, ambas do Água Azul; Andrecia Diciane, 11 anos, do bairro do Uirapuru; Cacá,12 anos,e Dhyemily Oliveira, 15 anos, ambas do bairro Jatobá; Gaby Lourenço, 12 anos, do bairro Ayrton Senna II; Hágata, 14 anos, da Brasília; Luiza Silva, 10 anos, do bairro São Joaquim;

Pietro Felipe, 9 anos, do Independente I; Thaís Ferreira, 12 anos, da Ressaca; e Thayfny Levita, 12 anos, do bairro Casa Nova.

Oficinas

As atividades do festival tiveram início na última quinta-feira, 7, com oficinas de teatro e de canto, ministradas por Jeff Moraes e Naieme, no campus da UFPA de Altamira. Na sexta-feira, 8, ocorreu o ensaio geral.

Novas oficinas, dessa vez de videomaker, acontecerão nas comunidades da Ilha da Fazenda e Ressaca no próximo dia 27 de julho, como parte da programação do festival.

(Ascom do Fecant/Enize Vidigal. Fotos da premiação: José Silva Júnior)

Deixe seu comentário

Posts relacionados