Parauapebas

Agentes Voluntários de Proteção da Infância e Juventude realizam ações de fiscalização durante o carnaval

Nomeados no último dia 2, os agentes voluntários de Proteção da Infância e Juventude de Parauapebas já estão em plena atividade. Durante todas as noites de carnaval, que este ano …

Nomeados no último dia 2, os agentes voluntários de Proteção da Infância e Juventude de Parauapebas já estão em plena atividade. Durante todas as noites de carnaval, que este ano acontece no bairro Nova Carajás, equipes de 10 agentes se revezam com o objetivo de proteger e prevenir qualquer violação dos direitos da criança e do adolescente.

IMG-20160209-WA0033

De acordo com Juno Brasil, um dos agentes escalados para trabalhar durante o carnaval, na primeira noite da festa foram encontradas algumas crianças e adolescentes após as 23h, desacompanhadas de pais ou responsáveis. “Seguimos ao Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) e a Portaria da 1ª Vara da Infância e Juventude e Empresarial de Parauapebas”, explica Juno.

Já na segunda noite de carnaval, além de cumprir a rotineira fiscalização, orientação e advertência, o grupo fez várias autuações de crianças e adolescentes e os mesmos foram entregues nos Conselhos Tutelares I e II de Parauapebas.

“Houve um caso de um pai que estava com o  filho de dois anos, que além de estar fora do horário permitido para a criança, ainda estava completamente embriagado. Ele foi levado pela Polícia Militar e a criança foi entregue ao Conselho Tutelar, que por sua vez, a devolveu à família”, conta o agente.

Juno diz ainda que a PM também encontrou uma adolescente de apenas 13 anos, aparentemente dopada, com um homem suspeito. “A adolescente foi encaminhada por nós ao Conselho Tutelar e o homem foi encaminhado à delegacia”, afirma.

Na avaliação dele, nos dois primeiros dias de festa foram evitadas dezenas de possíveis violações aos direitos de crianças e adolescentes. Os agentes continuam o trabalho nesta terça-feira (9), última noite de carnaval.

Deixe seu comentário