Adolescente de 17 anos morre ao avançar preferencial em motocicleta

A tragédia aconteceu na VS-10, entre as vilas Cedere I e Onalício Barros, em Parauapebas, a 25 km da sede do município
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

O jovem colono Alessandro dos Santos Pereira Silva, de 17anos,

morreu na manhã desta segunda-feira (17), ao pilotar a motocicleta Honda CG Titan ES, vermelha, placa JUO-0175. Ele foi vítima de acidente rodoviário, por volta das 10h30, na estrada VS-10, entre as vilas Cedere I e Onalício Barros, em Parauapebas, a 25 km da sede do município.

Ao sair de uma via secundária de uma só vez, sem parar para verificar se havia algum outro veículo na estrada, ele foi colhido por uma van Ducato, branca, placas QVC-7654, cujo motorista pediu para não ter a identidade divulgada.

Segundo o condutor, que dirige há cinco anos, essa foi a primeira vez que ele se envolveu em um acidente: “Nunca bati um carro, nunca havia sofrido um acidente e nunca nem sequer fui multado. Numa situação dessa com uma pessoa morta a gente se sente péssimo”, lamentou ele.

O condutor afirmou que passava pela estrada quando viu como se fosse um vulto passam muito rapidamente pela frente da van, quando percebeu a moto já estava embaixo do carro e o rapaz do outro lado da pista. “Desci e fui ver como estava o rapaz, mas ele já havia morrido”, conta, acrescentando que, após isso, se apresentou espontaneamente na 20ª Seccional Urbana de Polícia Civil, onde, após prestar depoimento, foi liberado.

(Caetano Silva)