1º Encontro de Jornalistas da região reuniu dezenas de profissionais da categoria em Marabá

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

Por Eleutério Gomes – de Marabá

Aconteceu na última sexta-feira (5), em Marabá, o 1º Encontro de Jornalistas do Sul e Sudeste do Pará, que ocorreu no auditório da Regional do Tribunal de Contas do Estado. Como parte da programação, organizada pelo Sinjor-PA (Sindicato dos Jornalistas do Pará) se deu também o pré-lançamento do 4º Prêmio de Jornalismo em Turismo “Comendador Marques dos Reis”, pela Abrajet (Associação Brasileira de Jornalismo de Turismo) – Seção Pará.

O encontro teve vários objetivos: começar a organizar a classe de jornalistas da região a fim de instalar aqui uma base do sindicato; promover a sindicalização dos integrantes da classe para que possam ter força para reivindicar seus direitos com mais legitimidade; e iniciar uma luta a fim de corrigir as distorções que hoje ocorrem em boa parte do interior do Estado, quanto à carga de trabalho, acúmulo de funções e piso salarial, entre outras.

A jornalista Christina Hayner, uma das diretoras do Sinjor, abriu o evento falando da importância da presença do sindicato na região, contou que já conhece o sul e o sudeste do Estado, devido suas viagens a essas duas regiões, como também diretora da Abrajet, testemunhando assim as injustiças cometidas contra colegas de profissão no dia a dia.

Enize Vidigal, também jornalista e diretora da Fenaj (Federação Nacional dos Jornalistas) no Sinjor-PA, falou das lutas que a classe, por meio do sindicato, tem enfrentado na busca da remuneração justa aos profissionais de Imprensa e também das conquistas mais recentes.

A presidente do Sinjor-PA, Roberta Vilanova, discorreu sobre a importância da sindicalização, detalhou todo o processo de obtenção do registro de Jornalista, explicou sobre Registro Provisionado, Registro pelo STF e destacou também a relevância da graduação em Jornalismo para o exercício da profissão.

O consultor jurídico do Sinjor-PA, advogado André Serrão, também falou sobre os direitos dos jornalistas, detalhou sobre as peculiaridades de cada função e do acúmulo delas. Alertou sobre diversas irregularidades cometidas pelos patrões e esclareceu dúvidas dos participantes.

Na parte da tarde, as palestras sobre sindicalismo e direitos se repetem, para quem não pode comparecer pela manhã; e o repórter fotográfico Tarso Sarraf, também diretor do Sinjor-PA ministra oficina sobre fotojornalismo.

Abrajet

Este ano o 4º Prêmio de Jornalismo em Turismo “Comendador Marques dos Reis” vai distribuir mais de R$120 mil em prêmios para os melhores trabalhos de 15 profissionais em cinco categorias: Jornalismo Impresso, Jornalismo Online, Radiojornalismo e Fotojornalismo.

A associação completou em janeiro passado 60 anos de criação no Brasil e este ano completa 10 anos no Pará.

Para Christina Hayner, diretora da entidade, a importância da Abrajet está na possibilidade de trocar informações do segmento turístico com outros jornalistas do setor e, assim, propagar o que as regiões têm de melhor, impulsionando o turismo como atividade econômica e uma alternativa para a crise em que o país vive no momento.

Na opinião da presidente da Abrajet Pará, a jornalista Isa Arnour, a importância maior da associação é valorizar o profissional de Imprensa que trabalha na divulgação do Turismo: “O Pará é um potencial turístico, todo mundo já conhece, já sabe que é a porta de entrada da Amazônia e a Abrajet tem essa missão, capacitar, valorizar e fazer com cada vez mais os profissionais se interessem pela temática do Turismo”.

O setor turístico, avalia Isa, é uma área que está crescendo, “é a indústria sem chaminé” e tem a possibilidade de crescer cada vez mais, “dada a importância desse segmento para a economia e para a sociedade”.

Publicidade