UMA ÓTIMA NOTÍCIA

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

Entre 1991 e 2007 a expectativa ao nascer da população paraense aumentou 4,39 e a taxa de mortalidade infantil caiu 45,29%.

Há 16 anos a taxa era de 44,60 crianças mortas, número que caiu para 24,40 no ano passado. A projeção para 2015 é que essa taxa de mortalidade caia ainda mais, passando para apenas 19,10 crianças mortas a cada mil nascidas, representando uma queda de mais 21,72%.
Os números foram divulgados ontem pelo IBGE num estudo de Tábuas Completas de Mortalidade, a partir de contagem populacional feita pelo instituto no ano passado. O estudo mostra ainda dados sobre a esperança de vida ao nascer.
Em 1991, a expectativa no Pará era de 67,56 anos, mais até que no Brasil, que era de 67 anos. Em 2007 essa expectativa no Pará pulou para 71,95 anos e a do país passou para 72,57 anos, numa inversão do que ocorreu há 16 anos.
Fonte: Diário do Pará

Deixe seu comentário

Posts relacionados