Tião Miranda toma posse como prefeito reeleito de Marabá, prometendo trabalhar muito mais

Em seu discurso, ele disse que seu maior desafio vai ser superar a si mesmo e reconheceu a importância do desempenho da Câmara Municipal na sua gestão. Os 21 vereadores eleitos também tomaram posse
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print
Tião Miranda, prefeito reeleito de Marabá

Continua depois da publicidade

Em cerimônia ocorrida na tarde desta sexta-feira (1º), no Plenário da Câmara Municipal de Marabá, o prefeito Sebastião Miranda Filho (PSD) – o Tião Miranda –, vice-prefeito Luciano Lopes Dias (Cidadania) e os 21 vereadores eleitos no último dia 15 de novembro foram empossados para o mandado 2021-2024. Também ocorreu a eleição para a Mesa Diretora do Legislativo, com a escolha do vereador Pedro Corrêa Lima (DEM) para o terceiro mandato consecutivo na Presidência da Casa, no biênio 2021-2022. A votação foi em chapa única, eleita por unanimidade.

Os demais cargos ficaram assim ocupados: primeiro vice-presidente, Miguel Gomes Filho (PDT) – o Miguelito; segundo vice-presidente, Aerton Lima da Cruz (Solidariedade) – Aerton Grande; primeira-secretária, Maria Cristina Coimbra Mutran (MDB) – Drª. Cristina; segundo-secretário, Alécio Stringari (PDT) – Alécio da Palmiteira; e terceiro-secretário, Rodrigo Lima da Silva (Republicanos) – Cabo Rodrigo.

A posse dos vereadores e a escolha da Mesa Diretora foram presididas pela vereadora Elza Abussafi Miranda (PTB), por critério da maior idade entre os 21 eleitos. Como membros da mesa provisória, ela teve os colegas Antônio Ferreira de Araújo (MDB), Tiago Koch (PSD), Vanda Américo Gomes (Cidadania), Franklandes Souza Matos (Solidariedade) e Eloi Silva Ribeiro (Republicanos).     

Após o juramento, proferido pelo vereador Antônio Márcio Farias Gonçalves (PSDB) e seguido pelos demais vereadores, cada um dos 21 assinou o Termo de Posse, sendo oficialmente empossados no mandato por Elza Miranda, que também conduziu os trabalhos de eleição da Mesa Diretora. Com a proclamação do resultado, a mesa provisória foi desfeita e a nova Mesa Diretora assumiu.

Pedro Corrêa Lima é reeleito presidente do Legislativo pela terceira vez consecutiva 

Pedro Corrêa Lima, reeleito para um terceiro mandato consecutivo como vereador e presidente da Câmara

Pedro Corrêa Lima, que foi reeleito para o terceiro mandato consecutivo, e também para dirigir o Legislativo Marabaense pela terceira vez consecutiva, começou seu pronunciamento com vários agradecimentos. Em seguida, elogiou a gestão do prefeito reeleito, destacando que o resultado do seu trabalho foi a votação estrondosa que o reelegeu, trabalho esse feito com a parceria do Legislativo.

“Quero dizer ao prefeito reeleito Tião Miranda que ele tenha a convicção e a certeza de que esse parlamento continuará trabalhando de forma célere para que nós possamos colocar em prática todos os anseios da nossa população de Marabá,” disse o presidente da Câmara.

Após discursar, Pedro Corrêa Lima deu posse a Tião Miranda e a Luciano Lopes. O vice-prefeito foi o primeiro a discursar. Ele falou de sua carreira no serviço público e sobre o trabalho de Tião Miranda na reconstrução de Marabá, a partir de 2017, quando assumiu.

Luciano também agradeceu o fato de ter sido convidado para compor o governo de Tião, primeiramente na pasta da Educação e, depois, na Secretaria de Saúde do município: “Eu agradeço imensamente [pelo Tião] ter aberto as portas para que eu pudesse trabalhar, honrar aquele compromisso que fiz quando assumi essas pastas, entregar serviços à população, e com muito compromisso e muita dedicação, chegar até hoje aqui. Então, muito obrigado, conte comigo para nesses próximos quatro anos”.

Tião Miranda se diz um viciado em trabalho, um obstinado 

Por seu turno, o prefeito Tião Miranda, após os agradecimentos, fez uma breve retrospectiva de como encontrou o município em 2017, “num momento complicado, difícil”, mas, com muito trabalho e muita dedicação, conseguiu avançar, organizar a cidade e colocar as contas em dia.

Disse que é importante que as pessoas de bem entrem para a política, caso contrário, não se pode ter um país melhor, e, citando Platão, lembrou que “quando os bons não vão para a política, a penalidade deles é serem governados pelos ruins”.

“E, ao longo da história sempre foi assim. Eu tive resistência em voltar a ser prefeito, é meu quarto mandato, porque eu sei o quanto que eu sou viciado em trabalho, obstinado, focado e cobro isso muito da minha equipe. Talvez, o maior desafio desse novo mandato é superar a mim mesmo. É fazer muito mais do que fiz há quatro anos. Mas tenho certeza de que eu tive a Câmara como parceira e vou ter [de novo] a Câmara como parceira,” afirmou o prefeito, destacando a importância do Legislativo.

Ao final, a palavra foi franqueada aos vereadores eleitos e reeleitos. Em todos os discursos, as palavras de agradecimento predominaram, assim como a promessa de trabalhar muito para elevar o nome de Marabá, atendendo às carências da população e sendo parceiros do Executivo nessa tarefa.

Os vereadores eleitos e reeleitos empossados

Os vereadores empossados são os seguintes: Aerton Lima da Cruz (Solidariedade), Alécio Stringari (PDT), Carlos Alberto Gonçalves Miranda (PSD), Rodrigo Lima da Silva (Republicanos), Antônio Ferreira de Araújo (MDB), Maria Cristina Coimbra Mutran (MDB), Deodato do Espírito Santo Filho (PSL), Eloi Silva Ribeiro (Republicanos), Elza Abussafi Miranda (PTB), Fernando Henrique Pereira da Silva (PSC), Franklandes Souza Matos (Solidariedade), Ilker Moraes Ferreira (MDB), Marcelo Alves dos Santos (PT), Antônio Márcio Farias Gonçalves (PSDB), Miguel Gomes Filho (PDT), Ronisteu da Silva Araújo (PTB), Pedro Corrêa Lima (DEM), Raimundo da Silva Souza (PL), Ronaldo Alves Araújo (Solidariedade), Tiago Batista Koch (PSD) e Vanda Régia Américo Gomes (Cidadania).

Por Eleuterio Gomes – de Marabá

Deixe seu comentário

Posts relacionados