Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Jacundá chega aos 40 anos de fundação

São quatro décadas de luta pela terra, com algumas conquistas como a criação de cinco PAs e qualificação para os agricultores familiares
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

A segunda-feira, 13 de janeiro, foi uma data especial para os trabalhadores rurais do município de Jacundá, onde o sindicato da categoria completou 40 anos de fundação. A comemoração não teve bolo nem vela, já que nessas quatro décadas foram poucas as conquistas e muitos os desafios para alavancar a agricultura familiar.

O Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Jacundá (STRJ) é presidido por uma mulher, Vera Lúcia Batista. Ela destacou algumas dessas poucas conquistas. “Desde a fundação do sindicato apoiamos a reforma agrária no município de Jacundá, onde tivemos participação ativa na implantação dos projetos de assentamos PA Diacuir, PA Jacundá e, indiretamente, dos PAs Raimundo Nonato, Bom Jesus e Dorothy, tendo como base o diálogo entre os posseiros e pretendentes da reforma agrária”.

Vera destaca que o papel do sindicato também é oferecer capacitação profissional a seus associados e lembra que o STRJ fez parceria com o Sebrae.  “Estamos levando formação aos feirantes e assessorando os agricultores no melhoramento da produção, comercialização e controle de receitas e gastos. E outro parceiro é o Senar, que, por meio do Sinrural, tem promovido cursos em várias áreas da agricultura familiar”.

Uma das principais conquistas citada pela sindicalista diz respeito ao lado social e à segurança pública. “No campo social temos ações em parceria com a Ademuj e Adetuni”. Em relação à política de segurança, o sindicato foi responsável por ajuizar uma ação, em 2011, para discutir o aparelhamento das polícias Civil e Militar e denunciar os diversos casos de assaltos registrados na cidade.

“À época eram menos de 10 policiais na cidade e as entidades solicitaram ao Ministério Público que oficiasse à Polícia Militar a fim de garantir um efetivo maior para zona rural e sede do Município, assim como a criação de um Conselho se Segurança Municipal”.

Para finalizar, a presidente do STRJ destaca uma outra vitória dos trabalhadores, a implantação do INSS Digital em Jacundá. “É um serviço importante para os trabalhadores em processo de aposentadoria, onde encaminhamos o pedido de aposentadoria rural e expedição da DAP”.

(Antonio Barroso)

Publicidade

Posts relacionados