Senador pede urgência na análise de projeto que isenta equipamentos fotográficos de impostos

Proposta é de 2015 e prevê a isenção de impostos para fotógrafos que utilizam equipamentos profissionais no valor de até R$ 50 mil

Continua depois da publicidade

Em pronunciamento no Plenário, na terça-feira (15), o senador Esperidião Amin (PP-SC) reforçou pedido para que seja colocado em votação projeto (PL 141/2015), sob sua relatoria, que prevê a isenção de impostos para fotógrafos que utilizam equipamentos profissionais no valor de até R$ 50 mil.  

Durante a sessão, o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, prestou homenagem ao fotojornalista Orlando Brito, que morreu na sexta-feira (11). Esperidião aproveitou a lembrança para enfatizar a importância do trabalho desses profissionais e da aquisição de seus equipamentos.

“Vejam bem. Hoje nós todos fotografamos com o celular, mas são fotografias de amador. (…) E, ao homenagearmos ou deliberarmos aqui por colocar em votação essa homenagem ao fotógrafo Orlando Brito, eu acho que nós também homenagearemos o fotógrafo, que é uma forma de arte, sem dúvida — é diferente de fazer fotos com o celular, com a frequência que nós fazemos. Eu acho que seria oportuno. Então, é o pedido que eu lhe faço”, disse.

(Fonte: Agência Senado)