Segup define estratégias de segurança para a Operação “Corpus Christi”

A reunião estratégica que definiu a atuação dos órgãos de segurança pública aconteceu nesta terça-feira (1º). A operação será deslanchada na quinta-feira (3) e encerrada na próxima segunda-feira (07)
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print
Reunião definiu as estratégias da Operação “Corpus Christi” no Pará

Continua depois da publicidade

A Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do Pará (Segup) concluiu, nesta terça-feira (1º), os detalhes da Operação “Corpus Christi 2021”, que vai ser deslanchada nesta quinta-feira (3) e encerrada na próxima segunda-feira (07). A operação vai envolver um efetivo de mais de 1.000 agentes de segurança Pública atuando na capital e nas principais praias e balneários do estado.

Segundo a Segup, as ações de prevenção, ostensividade e fiscalização, em razão do cumprimento do decreto Governamental 0800/2020, em combate à Covid-19, permanecem sendo feitas pelos órgãos do Sistema de Segurança Pública, que atuarão de forma conjunta com as instituições federais e municipais para garantir maior tranquilidade durante o feriado prolongado. As ações de segurança estarão voltadas não somente a repressão de crimes, com reforço na atuação ostensiva das polícias Civis e Militar, mas também na fiscalização em cumprimento ao decreto Governamental 0800/2020 em combate a Covid-19.

Segundo o secretário adjunto de Operações da Segup, coronel Alexandre Mascarenhas, o sistema, através das ações integradas dos órgãos, continuará na fiscalização quanto aos protocolos determinado no decreto do governo do estado em combate à pandemia. “Estamos no bandeiramento amarelo, o que exige medidas mais brandas, porém, ainda assim, ele estabelece limitações de pessoas, tanto nos estabelecimentos comerciais quanto em eventos privados e nos espaços públicos. Os órgãos do sistema de segurança vão realizar a fiscalização de forma diária e ostensiva, cobrando os protocolos e medidas previstas no decreto do estado”, avisou o secretário.

Integração – Participam das ações conjuntas, as polícias Civil e Militar, Corpo de Bombeiros, Departamento de Trânsito do Estado (Detran), Centro de Perícias Científicas Renato Chaves, Centro Integrado de Operações (Ciop) e Grupamentos Aéreo (Graesp) e Fluvial (Gflu). A Segup atuará ainda, de forma integrada, com a Polícia Rodoviária Federal (PRF) e Guarda Municipal.

“A Segup realizou um planejamento estratégico que conta com a participação dos órgãos do Sistema de Segurança do Estado e instituições parceiras da esfera municipal para integrarem essa grande operação que visa dar segurança para as localidades que atraem um maior número de turistas, para esse final de semana prolongado do feriado de Corpus Christi. Várias ações foram programadas, entre elas, a fiscalizações por meio da operação “Lei Seca”, assim como as fiscalizações nas estradas federais e estaduais que levam até os municípios, as dos estabelecimentos comerciais para a verificação de crianças e adolescentes presentes em horários inapropriados e fazendo consumo de bebidas alcoólicas ou uso de qualquer outra substância ilegal e também ações de policiamento ostensivo geral para dar proteção à população que estará em deslocamentos para os balneários”, concluiu Alexandre Mascarenhas.

Efetividade – A Polícia Civil estará presente com um reforço nas unidades e seccionais durante o final de semana prolongado, tanto na Região Metropolitana, quanto nos Interiores do estado. A polícia civil atuará também no combate à incidência de poluição sonora e perturbação do sossego público nas praias e balneários, além de realizar fiscalizações nos estabelecimentos comerciais.

Operação “Lei Seca” – Atuando de forma conjunta e integrada com a Polícia Militar, estarão também presentes agentes do Detran, com ações específicas voltadas para a prevenção e repressão aos crimes de trânsito, em especial, à condução de veículos em estado de embriaguez (alcoolemia). A ação irá fiscalizar os frequentadores e banhistas nas estradas e praias que dão acesso as localidades mais procuradas pelos turistas.

Ciop – O Centro Integrado de Operações estará presente com o serviço de atendimento de urgência e emergência além do monitoramento via as câmeras de segurança instaladas nas localidades que recebem maior fluxo de turistas neste período. A equipe de reforço estará concentrada nos centros de atendimentos localizados em Belém e Capanema.

O Corpo de Bombeiros Militar contará com um reforço de 308 agentes que atuarão nas praias com os Guarda Vidas e com as equipes de resgate localizadas em pontos estratégicos nas estradas.

Polícia Militar – Durante o feriado, a Polícia Militar vai realizar também a Operação ‘Visibilidade’ na capital e demais municípios da região metropolitana, por meio do reforço do policiamento ostensivo e preventivo em pontos estratégicos nos grandes corredores, que registram grande fluxo de pessoas e veículos. A operação visa prevenir e coibir a prática de crimes, principalmente roubos e furtos, intensificar a prevenção e enfrentamento à criminalidade e permitir maior acesso da população aos serviços de segurança pública do estado.

Tina DeBord- com informações da Segup

Publicidade