São Félix do Xingu: Territórios Sustentáveis inicia nova etapa de ações com os produtores rurais

A nova etapa será lançada na próxima quarta-feira (30), pelo governador Helder Barbalho. Irão ser lançadas a Ação Cacau no Xingu e a linha de crédito do Banpará-Bio, além da entrega de 165 títulos de terras para produtores rurais
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print
Plantio de cacau visa garantir desenvolvimento socioeconômico na região

Continua depois da publicidade

Na próxima quarta-feira (30), o programação Território Sustentáveis (TS) inicia nova etapa com produtores rurais de São Félix do Xingu, no sul do Pará. A nova etapa será lançada pelo governador Helder Barbalho e gestores de secretarias e órgãos ambientais executores do programa de incentivo sustentável aos produtores rurais.

Na ocasião, serão lançadas a Ação Cacau no Xingu e a linha de crédito do Banpará-Bio, além da entrega de 165 títulos de terras para produtores rurais. A ação Cacau no Xingu, coordenada pela Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade do Pará (Semas), pretende aumentar a renda e a atividade do produtor rural e fazer a restauração florestal de forma produtiva.

O projeto prevê a implementação de cerca de 450 hectares de sistema agroflorestais, com o plantio de cacau na região, para garantir desenvolvimento socioeconômico por meio de oportunidades ao pequeno produtor. Os produtores que vão operar os sistemas florestais são beneficiários do programa TS e terão a assistência técnica da Emater.

Os beneficiados já possuem diagnóstico de suas propriedades e a análise técnica de seu Cadastro Ambiental Rural (CAR). Já as linhas de crédito do Banpará aos produtores rurais do TS, por meio do Banpará-Bio, visam estimular o aumento da produtividade no campo e manter a floresta em pé.

O valor do investimento é de até R$ 400.000,00, com prazo de 10 anos e carência de 48 meses. O valor liberado para cada produtor rural será calculado de acordo com as necessidades produtivas de cada propriedade, já identificadas no diagnóstico feito pela Emater. Desta forma, desta a Semas, o processo para a liberação dos valores é feito com maior eficiência e celeridade.

Por meio das ações do Iterpa no Programa Territórios Sustentáveis, o governo vai entregar 165 títulos de propriedade de terra a produtores rurais de São Félix do Xingu. Com esta entrega, o Iterpa já titulou aproximadamente 400 produtores rurais na região, que aguardavam por muito tempo a sonhada regularização fundiária das suas terras.

Dentro do Plano Estadual Amazônia Agora, a Política de Atuação Integrada de Territórios Sustentáveis (TS) foi instituída pelo Decreto Estadual nº 344, de 10 de outubro de 2019, com o objetivo de cumprir compromissos globais de desenvolvimento sustentável, as Contribuições Nacionais Determinadas (NDCs) e os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável em âmbito estadual.

As diretrizes são a conservação do capital natural; a promoção do desenvolvimento socioeconômico em bases sustentáveis, a partir do aumento da eficiência na produção pecuária e agroflorestal; e a recuperação de áreas alteradas e degradadas. O Territórios Sustentáveis foi desenhado considerando a necessidade de um impulso socioeconômico nas regiões mais afetadas pelo desmatamento no Pará.

A solenidade de lançamento da nova etapa do TS será, a partir das 10h, na sede do Sindicato dos Produtores Rurais de São Félix do Xingu – Parque de Exposições Rosiron Prudente-, localizado na Avenida Independência S/N, no Bairro Bela Vista.

Tina DeBord – com informações da Semas