RADAR PARAUAPEBAS: Saiba o que é notícia na Capital do Minério neste início de semana

Nas redes, assunto é Lázaro. Memes dão conta de que homicida mais procurado do mundo nos últimos 20 dias ressuscitou e fugiu rumo a Parauapebas. Captura dele virou guerra política.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

ADEUS A VALDIR DA USINA

Está acontecendo no plenário da Câmara de Parauapebas, e segue até o início da tarde desta segunda-feira (28), o velório de Valdir da Usina, um dos pioneiros do município. Valdir tinha 69 anos e passou metade da vida na Capital do Minério, onde chegou a ser vereador por quatro vezes. Fomentador do esporte local, o veterano sofreu uma parada cardíaca na tarde do último domingo (27) e não resistiu. A morte do esportista pegou a todos de surpresa.

MINÉRIO A 200 DÓLARES

O minério de Parauapebas está, faz mais de um mês, cotado lá fora acima dos 200 dólares por tonelada. Nesta segunda-feira (28), a commodity mais apreciada do mundo ainda subiu 1% em razão de um firme declínio nos estoques da matéria-prima siderúrgica nos portos da China, maior produtora de aço do globo. Ao menor sinal de escassez de oferta de minério naquele país do oriente, o preço do produto dispara. Quem tem ganhado com toda a sorte de especulação que ronda o mercado do ferro é a mineradora multinacional Vale, que, inclusive, recebe bônus pelo produto saído das minas de Carajás, cuja pureza está até quatro pontos percentuais acima da commodity de referência, com teor de 62%.

SAIDEIERA DO SEMESTRE

Amanhã, terça-feira (29), será realizada a derradeira sessão legislativa do primeiro semestre na Câmara de Parauapebas, que encerra os trabalhos com a maior produtividade da história. A soma de todos os projetos de lei dos parlamentares com parecer de constitucionalidade neste semestre, por exemplo, é maior que a produção inteira de qualquer dos anos anteriores. Nomes novos no parlamento, como Léo Márcio e Francisco Eloécio; nem tão novos assim, como Rafael Ribeiro; e veteranos da Casa, como Eliene e Braz, lideram o ranking da produção legislativa. Em off: tem vereador que é tão fominha que está murmurando pelos cantos devido ao fato de o número de indicações ter sido reduzido de três para duas por sessão.

A MORTE DE LÁZARO

Memes e mais memes avançam nas redes sociais do povo da Capital do Minério concernente à captura e morte do perigosíssimo Lázaro, que carregou nas costas o título de serial killer. Além de imagens fortes supostamente do cadáver do assassino, a população começa a espalhar, em tom sarcástico, a imagem de um leito de IML ensanguentado, mas vazio e frase de que “Lázaro ressuscitou e fugiu rumo a Parauapebas”. Seria cômico não fosse trágico. A verdade é que a morte do homicida ainda divide opiniões, já que o desejo de muitos era vê-lo sendo capturado vivo após os 20 dias de trabalho que o criminoso deu à polícia no coração do Brasil. O tombamento de Lázaro virou até discurso político para o governador de Goiás, Ronaldo Caiado, que escreveu nas redes sociais: “Ta aí, minha gente, como eu disse, era questão de tempo até que a nossa polícia, a mais preparada do País, capturasse o assassino Lázaro Barbosa. Parabéns para as nossas forças de segurança. Vocês são motivo de muito orgulho para a nossa gente! Goiás não é Disneylândia de bandido”.

GERAÇÃO DE EMPREGOS

Parauapebas deve registrar números fortes na geração de emprego em maio. A expectativa deve ser cumprida por meio dos dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), que o Ministério da Economia vai liberar esta semana. A Capital do Minério tem sido sacudida por uma avalanche de empregos com carteira assinada em obras de construção civil nas minas de Carajás e, também, por conta das intervenções do Programa de Saneamento Ambiental (Prosap) sob a batuta da prefeitura. Vale lembrar, contudo, que esses postos de trabalho que estão bombando no momento são, em sua esmagadora maioria, temporários e, quando as obras arrefecerem, o município enfrentará números graúdos de demissões e, consequentemente, desemprego na mesma velocidade com que admitiu.

AÇAÍ

A partir desta semana a Prefeitura de Parauapebas vai começar a recolher as “montanhas” de caroços de açaí descartadas por mais de cem pontos de venda na cidade. A coleta será feita pela Semurb e é resultado das reuniões que começaram a ser feitas pelo governo municipal com a Associação dos Batedores de Açaí de Parauapebas (Abap). Além da Semurb, as secretarias de Desenvolvimento (Seden), Produção Rural (Sempror) e de Meio Ambiente (Semma) estão envolvidas num processo para organizar a venda de açaí no município conforme as políticas ambiental e de sustentabilidade.

COVID-19

Os casos de contaminação pelo Sars Cov 2 (novo coronavírus), que provoca a covid-19, continuam em alta em Parauapebas. Nos últimos sete dias (21/6 a 27/6) foram contabilizados 572 novos casos, além da morte de 6 pacientes com a doença. No total, Parauapebas já tem 52.841 casos de pacientes infectados pelo vírus, além de 446 óbitos registrados. Já são 51.067 os recuperados pelo sistema de saúde local. A taxa geral de ocupação de leitos no município (atualizada às 16h deste domingo) está em 45%, sendo que leitos de enfermaria SUS: 56%; UTI SUS: 75%; enfermarias particulares: 29%; UTI particular: 70%. A UPA está com atendimento exclusivo para pacientes portadores do vírus. O serviço é ofertado 24h. Um alento que animou as autoridades da saúde local foi que ontem (27) Parauapebas registrou o menor número de casos confirmados do mês, com 58.

DARCI DE VOLTA

Já recuperado da reinfecção pelo novo coronavírus a que foi acometido e sem nenhuma sequela da doença, o prefeito Darci Lermen, licenciado do cargo por 15 dias para se tratar, reassumirá oficialmente a cadeira mais macia do Morro dos Ventos na próxima quarta-feira (30). Nos corredores da prefeitura a estada de João do Verdurão, seu vice, substituindo Darci está sendo avaliada como muito boa e cooperativa com o planejamento estratégico montado pelo governo.

IGARAPÉ LAJEADO

As obras de Revitalização do Igarapé Lajeado, que integram o Programa de Saneamento Ambiental, Macrodrenagem e Recuperação de Igarapés e Margens do Rio Parauapebas (Prosap), já foram iniciadas e estão em pleno andamento. O novo projeto, que abrange intervenções de micro e macrodrenagem, esgotamento sanitário, abastecimento de água, construção de unidades habitacionais, de parques urbanos e lineares, urbanização e paisagismo, beneficiará, com mais qualidade de vida, lazer e bem-estar, mais de 90 mil pessoas de dez bairros de Parauapebas.