Preterido nas urnas, prefeito de Eldorado não paga salário e provoca interdição de BR por funcionários municipais

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on print
Imprimir

Continua depois da publicidade

imageA BR-155, em Eldorado dos Carajás, sudeste do estado, ficou interditada por cerca de cinco horas na tarde desta segunda-feira (25). Os manifestantes eram servidores municipais que não receberam salários. A manifestação começou às 11h da manhã, no quilômetro 100.

Os dois lados da rodovia foram bloqueados. Segundo os manifestantes, os mais de mil servidores de cinco secretarias que foram demitidos pelo prefeito Genival Diniz (PT) nos meses de outubro e novembro não receberam as rescisões. Os funcionários que ainda têm vínculo com a prefeitura reclamam da falta de pagamento dos salários de dezembro e do 13º.

“Foram demitidos mais de cem funcionários em outubro e não houve nenhum questão sobre rescisão, não receberam nada. Em novembro foram demitidos mais 800 funcionários do município e até hoje nenhum pagamento de rescisão. Dezembro não se tem notícia de receber, o prefeito diz que não tem dinheiro e o 13º até agora não tem previsão”, diz Beneval Pereira, diretor do O Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Estado do Pará (SINTEPP).

Saúde
Os postos de saúde do município não estão funcionando e desde o último sábado (22) o Hospital Municipal só atende casos de emergência. “O quadro de funcionários de enfermagem, que mantêm o hospital funcionando, ficou bastante reduzido. Segundo o secretário, o dinheiro está na conta, mas mesmo assim não conseguem pagar a gente”, diz Maria dos Reis, servidora pública.

Repasses de consignados não estão sendo efetuados
imageServidores que fizeram empréstimo consignado estão com problemas. A servidora Neusa Saraiva contraiu um empréstimo há dois anos e a parcela é descontada no contra-cheque.

Desde maio o banco cobra o pagamento. “Desde o mês cinco não estão repassando para o banco. Estou aqui com os contra-cheques, o valor foi descontado e não estão repassando. O banco já me mandou duas cartas e eu não sei o que fazer porque o valor está sendo descontado, mas não está sendo repassado”, diz.

A equipe da TV Liberal foi até a sede da prefeitura de Eldorado dos Carajás, mas os funcionários estão de recesso e não foi encontrado nenhum responsável para falar sobre o assunto.

A rodovia foi liberada no final da tarde.

Com informações do Jornal Liberal 2ª Edição

Relacionados