Presidenta Dilma sanciona criação da Unifesspa

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

Presidenta Dilma sanciona criação da Unifesspa

Nesta quarta-feira (5), a presidente Dilma Rousseff sancionará a lei de criação da Universidade do Sul e Sudeste do Pará. A cerimônia vai ocorrer às 15h, no Palácio do Planalto, quando também será sancionada a criação das federais do Cariri e do Sul e do Oeste da Bahia. O evento será transmitido, ao vivo, pela TV Nacional Brasil – NBR (confira os canais na tabela abaixo).

“O dia 05 de julho ficará marcado na história do Pará como o dia em que a presidente Dilma Rousseff sancionou a lei de criação da Universidade do Sul e Sudeste do Pará. A partir de hoje, a Unifesspa é uma realidade”, comemora o deputado federal Cláudio Puty (PT-PA), relator do projeto na Comissão de Finanças e Tributação da Câmara. “Este é o momento de parabenizar e comemorar com todos aqueles que lutaram nas comissões de implantação em Marabá, Parauapebas, Rondon, São Félix, Xinguara, Santana do Araguaia. Aproveito também para encorajar aqueles que ainda lutam por novos campi, pois há um compromisso do governo federal de ampliar as entidades de ensino superior já existentes e, além disso, criar campi aonde ainda não há nenhum equipamento de universidade como é o caso de Redenção”.

O Projeto de Lei que cria a Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará (UNIFESSPA), por desmembramento da Universidade Federal do Pará (UFPA) foi enviado pelo Executivo ao Congresso Nacional em agosto de 2011, na Câmara dos Deputados e terminou sua tramitação no Congresso Nacional, com a sua aprovação no Senado no dia 28 de maio.

A sede da Unifesspa será em Marabá, além de serem instalados outros campi nas cidades de Rondon do Pará, Santana do Araguaia, São Félix do Xingu e Xinguara. O projeto cria 506 cargos de professor, 238 cargos técnico-administrativos de nível superior e outros 357 cargos técnico-administrativos de nível médio. Serão abertos também um cargo de reitor, um de vice-reitor, outros 90 de direção, além de 462 funções gratificadas.

“Temos muito que comemorar e agora é momento de trabalharmos pela construção física e de conhecimento para prepararmos a universidade para receber seus professores concursados e seus alunos. Porque em março queremos ver o povo em sala de aula já aprendendo uma nova profissão”, disse Puty.

Fonte: TV Nacional Brasil