Por conta do agravamento da pandemia, Sebrae suspende atendimento presencial no Pará

Todo o atendimento e serviços de consultorias, cursos e palestras estão sendo realizados de forma digital pelos canais e redes sociais oficiais do órgão
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

Devido ao agravamento da pandemia do novo coronavírus no Pará, o Sebrae suspendeu o atendimento presencial. Segundo órgão, a decisão, que inclui as 13 agências de negócios, é uma ação preventiva que tem como objetivo proteger os funcionários e clientes e contribuir para frear os efeitos da pandemia no estado.

Os atendimentos estão sendo feitos desde a última terça-feira (26) de forma remota pelos canais digitais e telefone do Sebrae. De acordo com órgão, todo o atendimento e serviços de consultorias, cursos e palestras são realizados de forma digital pelos seus canais e redes sociais oficiais.

O Sebrae informa ainda que continuará ativo, fornecendo orientações e medidas que os empreendedores podem tomar para minimizar os impactos da pandemia nos seus negócios. Tudo será feito por meio de atendimentos online, lives e webinários por todas as plataformas digitais – watsapp, facebook, instagram, twitter, pelo Canal Fale com o Especialista e telefone.

O órgão destaca ainda que, desde o início da pandemia do novo Coronavírus, no ano passado, vem reforçando o atendimento e a oferta de cursos e consultorias de forma remota. De março a dezembro, por exemplo, foram realizados 133.530 atendimentos via canais digitais, principal pelo whatsApp, com 82.123 atendimentos.

(Tina DeBord- com informações do Sebrae Pará)

Publicidade