Polícia Militar flagra quatro traficantes de drogas na noite de quarta

Em rondas nos bairros Rio Verde, Casas Populares II e Brasil Novo, o tráfico acontecia abertamente. Mais uma vez, em dois casos, a participação do cidadão, denunciando os criminosos, foi importante
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

Em Parauapebas, a Polícia Militar segue no enfrentamento ao tráfico de drogas, sem trégua aos criminosos. Só na noite de ontem, quarta-feira (3), guarnições em rondas pela cidade, levaram à 20ª Seccional Urbana de Polícia Civil quatro pessoas flagradas na venda de entorpecentes. 

Os primeiros foram Valéria Lima Dias, de 19 anos, e o namorado dela um adolescente de 17 anos. Ele foi apreendido por volta das 18h40, na Rua Rio de Janeiro, no Bairro Rio Verde, quando pilotava uma motocicleta Honda CG 150cc, sem placa, em atitude considerada suspeita.

Com o adolescente foram encontradas dez trouxinhas de maconha, mas, interrogado, ele disse que na casa em que morava com a prima, havia mais droga escondida. No endereço, na Rua Beira Rio, os policiais militares encontraram mais 42 trouxinhas da droga, totalizando 52 pacotinhos, tudo pesando 58,9 gramas do tóxico.  

Na ocasião, Valéria, que carregava no colo uma criança de seis meses, se apresentou como namorada, e não prima, do adolescente e, junto com ele, foi conduzida à Delegacia de Polícia Civil, onde o bebê foi entregue aos cuidados do Conselho Tutelar.  Vale ressaltar que a casa que funcionava como ponto de venda da droga, foi apontada por populares aos policiais militares.

Consta ainda na DP que o adolescente já conta com extensa ficha criminal por atos infracionais análogos aos crimes de homicídio qualificado, roubo, furto e tráfico de drogas.

Flagrante no Casas Populares II

Menos de uma hora depois, às 19h30, outra guarnição, esta em rondas pelo Bairro Casas Populares II, prendeu em flagrante Tiago Campos Guimarães, com três trouxinhas de crack, pesando o total de 15,7 gramas.

Ele pilotava uma motocicleta Honda Fan, 150cc, cor azul, de placa OTS-4068, em alta velocidade na Rodovia PA-160, momento em que foi seguido e abordado pela guarnição.

Rebarbado, Tiago ainda tentou enfrentar os PMs, mas foi contido, algemado e conduzido à 20ª Seccional Urbana de Polícia Civil. Um irmão dele, que viajava na garupa da moto, também foi revistado, mas nada foi encontrado com ele, que foi liberado.

Pedreiro do crack

Também na noite de ontem, por volta das 21h 15, policiais militares conduziram à Delegacia de Polícia Civil Erinaldo Ferreira da Silva, de 28 anos de idade, ajudante de pedreiro.

Ele foi flagrado, mediante denúncias de populares, em uma área alagada da Avenida Buriti, no Bairro Brasil Novo, vendendo drogas na via pública, sem a menor cerimônia.

Ao avistar o carro da PM, ele escondeu uma sacola com entorpecentes sob o assoalho da casa de madeira. Num primeiro momento, na revista pessoal, com Erinaldo foram encontradas oito trouxinhas de maconha.

Já a droga escondida foi localizada pela cadela policial Raika, totalizando 41 petecas de crack. Interrogado, segundo os policiais militares, Erinaldo confessou que as drogas pertenciam a ele e que as vendia nas redondezas.

Mas, para a Reportagem do Blog, ele tentou se livrar da culpa, afirmando que é apenas dependente químico e que havia acabado de comprar a maconha de um traficante, mas não soube identificar o suposto fornecedor.

Todos os quatro presos foram autuados no plantão do delegado Dufrae Abade Paiva, por tráfico de drogas, incursos no artigo 33 da Lei 11.343/2006 – Lei Antidrogas – que prevê pena de prisão de cinco a 15 anos.

(Caetano Silva)

Deixe seu comentário

Posts relacionados