PMN – RECURSO IMPETRADO

Continua depois da publicidade

O Sr. Elei Areias entrou ontem com representação no Cartório Eleitoral questionando a coligação PT / PMN registrada no último sábado. A alegação é que a vice-presidente estadual do PMN, Senhora Alice do Abimael, revogou a provisória que tinha à frente o próprio Eli Areias, sem a autorização ou sem levar ao conhecimento da Direção Estadual e que na ata que revogava essa provisória, somente dois menbros do Partido assinaram.
Caso o PMN seja excluído do processo eleitoral, o Partido dos Trabalhadores terá que retirar 06 candidatos à vereador do quadro da coligação pois estará concorrendo sozinho e a Lei diz que o Partido que não se coligar só poderá apresentar candidatos equivalentes ao número de vagas existentes (11) até o limite de 150% .