PM e prefeitura de Ulianópolis assinam acordo para ampliar suporte ao policiamento ostensivo

Entres outras coisas, o acordo prevê a construção de um Posto Policial Destacado (PPD) na Vila de Arco-Íris, distrito localizado a cerca de 15 km de Ulianópolis
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

A prefeitura de Ulianópolis, no sudeste do Pará, assinou um acordo de Cooperação Técnica com o comando da Polícia Militar para ampliar o suporte ao policiamento ostensivo desenvolvido pela 21ª Companhia Independente de Polícia Militar (21ª CIPM), unidade subordinada ao Comando de Policiamento Regional VI. O acordo foi celebrado entre o comandante-geral da PM, coronel Dilson Júnior, e a prefeita de Ulianópolis, Kelly Destro.

O acordo prevê, entre outras medidas, a construção de um Posto Policial Destacado (PPD) na Vila de Arco-Íris, distrito localizado a cerca de 15 km de Ulianópolis. Com isso, a PM vai intensificar o policiamento na área e levar mais segurança à comunidade rural.

No acordo, a prefeitura se comprometeu a colaborar na manutenção estrutural das instalações e no apoio logístico para a efetivação do policiamento nessa área. Para a prefeita de Ulianópolis, o termo de cooperação trará diversos benefícios.

“Isso vai trazer muita segurança para o nosso município, com a redução da criminalidade, além do incentivo e valorização dos policiais que lá atuam. Tenho certeza de que esse acordo vai abrilhantar e muito o serviço da Polícia Militar em nossa região e queremos agradecer imensamente ao comandante-geral da PM, pela viabilização desse termo, que com certeza vai ser uma parceria muito forte e proveitosa para todos”, frisou Kelly Destro.

Segundo o major Edson Ribeiro, atual comandante da 21ª CIPM, a construção de uma nova base da PM vai aprimorar o trabalho desenvolvido na área rural. “Nós temos vilas que ficam a uma distância de quase 150 Km. Com esse apoio, com certeza, vamos realizar operações especializadas nessas áreas. A base vai agregar mais esforço militar para que a Polícia Militar possa melhorar a segurança no local”, explicou o comandante.

Por Tina DeBord

Foto: Polícia Militar

Publicidade