Parauapebas emplaca primeira moto movida a energia elétrica

O veículo é uma Voltz Ev01, uma scooter, da Voltz Motors do Brasil. A moto pode ser carregada em tomada convencional, e, por ser movida a energia elétrica, não faz barulho e nem emite CO2, não causando qualquer poluição ao meio ambiente
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

Parauapebas emplacou esta semana a primeira motocicleta movida 100% a energia elétrica. O veiculo é uma moto scooter modelo Voltz Ev01, da Voltz Motors do Brasil.

A moto pode ser carregada em tomada convencional, é silenciosa e, por ser movida a energia elétrica, não emite CO2, que polui a atmosfera. O proprietário da primeira moto elétrica emplacada no município é Givanildo Oliveira, um técnico em eletromecânica apaixonado por tecnologia e defensor de modelos de energia limpa.

Givanildo, que também é um amante da fotografia, acredita em um mundo mais sustentável e com menos poluição. Pensando assim, em Janeiro de 2020 ele decidiu Investir em produção de energia elétrica fotovoltaica (solar) e hoje sua residência é totalmente abastecida por energia limpa.

 “Minha residência é autossuficiente em energia elétrica. Entendo que, se quisermos colher no futuro, precisamos plantar no presente. Quando fiz esse investimento em energia solar, eu tinha como objetivo, em um futuro próximo, trocar de carro por um que fosse elétrico ou hibrido do tipo plugin (do tipo que carrega na tomada). Mas, até a presente data, a aquisição não é viável por uma serie de questões. Uma delas é o valor desse tipo de automóvel. Foi aí que conheci a Voltz Motors do Brasil. Uma startup brasileira focada no segmento de motocicletas elétricas”, conta Givanildo.

Ao conhecer a tecnologia, ele fez a aquisição da scooter voltada para uso urbano, que proporciona uma incrível economia. “Para se ter uma ideia, o valor do Km rodado, para quem não produz sua própria eletricidade, custa cerca de 0,2 centavos. Dessa forma, a carga completa da bateria é de apenas 1KW/h. Isso representa menos de 1,00 Real para rodar até 60Km. E, por incrível que pareça,  a moto é mais acessível em termos de valores do que uma  moto popular convencional à gasolina”, destaca.

Segundo Givanildo, atualmente o preço do veículo custa, em média, R$ 11.490,00. “Temos o orgulho de emplacar a primeira motocicleta elétrica de Parauapebas. Minha missão é poder ajudar pessoas a se conectarem com esse tipo de tecnologia e contribuir com um mundo mais limpo e sustentável”, enfatiza Givanildo Oliveira.

É EV1 é a primeira moto da Voltz e chegou ao Brasil com o objetivo de revolucionar a mobilidade em um movimento mundial, que busca acessibilidade à locomoção, com menos impacto ao meio ambiente. Quem quiser conhecer melhor o modelo, pode acessar o site https://loja.voltzmotors.com/produto/ev1-2021-70158.

Por Tina DeBord

Deixe seu comentário

Posts relacionados