Mulher protege vizinhos traficantes e vai presa com mais de 400 gramas de maconha

Ela avisou aos amigos que a polícia estava chegando, possibilitando com que fugissem a tempo. Um dia depois, sem ter quem a avisasse, foi preso guardando a droga em casa
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

Mayara Ferreira Rodrigues, 26 anos, foi presa em flagrante, na noite de ontem, terça-feira (16), pela Polícia Militar, em uma quitinete da Rua Dom Pedro I, no Bairro Rio Verde. Ela guardava em casa um tablete de maconha prensada pesando 416 gramas. A mulher foi alvo de denúncia anônima ao Centro de Controle Operacional, em que o informante relatou que, no dia anterior, uma guarnição da PM esteve no endereço vizinho ao dela, em busca de um casal acusado de tráfico, mas não teve sucesso porque Mayara avisou que os policiais estavam chegando e ainda guardou os objetos dos vizinhos.

Ontem, com a informação, a PM este na casa de Mayara Rodrigues, onde encontrou a maconha. Interrogada, ela revelou o novo endereço do casal procurado, na Rua Boa Esperança, Bairro Maranhão, onde os policiais nada encontraram.

Na Delegacia de Polícia Civil, para onde foi conduzida junto com a droga, Mayara tentou negar que fosse dona da maconha, mas não conseguiu convencer a autoridade policial e agora pode pegar cadeia que varia de cinco a 15 anos.

(Caetano Silva)