Polícia

Jovem 20 anos executado a tiros em Jacundá

Três tiros disparados por um homem desconhecido ceifaram a vida do jovem Arthur Henrique Silva Barroso, de 20 anos de idade, na noite de quinta-feira (11), no Bairro Boa Esperança, em Jacundá. O jovem morreu a caminho do Hospital Regional de Tucuruí (HRT). O crime aconteceu por volta de 22h, na Rua 14 de Maio, quando Arthur conversava com amigos na frente de um comércio, na esquina da Avenida Cristo Rei.

Testemunhas contam que o condutor de uma moto chegou com uma pessoa na garupa, parou, mas deixou a moto funcionando, enquanto o segundo indivíduo desceu, se aproximou do rapaz e atirou. “Foram mais de três tiros. Tava aqui sentado quando me espantei com o pipocos”, disse uma testemunha que não quis se identificar, com medo de morrer também.

Após disparar os tiros no rapaz, os dois homens saíram da cena do crime sem ser identificados. Em seguida foi acionada uma equipe de socorristas do Samu. A princípio, Arthur foi conduzido ao Hospital Municipal de Saúde, onde médico fez uma avaliação preliminar e, diante da gravidade dos ferimentos, encaminhou o jovem para o HRT. Porém, ele morreu antes de chegar à cidade de Goianésia do Pará, que fica distante 75 quilômetros de Jacundá.

O delegado Sérgio Máximo, responsável pela Depol de Jacundá, abriu inquérito policial para investigar o crime, que tem característica de acerto de contas. Arthur tem uma passagem pela delegacia pelo crime de roubo de celulares.

Deixe seu comentário