Jones William, prefeito de Tucuruí, é assassinado por dois pistoleiros quando vistoriava obras no município

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on print
Imprimir

Continua depois da publicidade

O prefeito de Tucuruí, Jones William (PMDB), foi assassinado na tarde desta terça-feira (25), quando estava na estrada de acesso ao aeroporto, vistoriando uma operação tapa buraco. Os criminosos são dois homens em uma moto que abordaram o gestor e atiraram várias vezes.

Os tiros atingiram principalmente a cabeça do prefeito, que chegou a ser levado para o Hospital Regional de Tucuruí, mas não resistiu e morreu. As informações vindas do hospital são de que o prefeito perdeu muita massa encefálica. De fato, parte da massa cinzenta ficou esparramada no chão.

Ainda dacordo com o Hospital Regional, foram feitas as manobras de praxe para tentar salvar o paciente, mas não houve tempo sequer para uma cirurgia.

Por telefone, o delegado Sandro Rivelino, superintendente regional de Polícia Civil em Tucuruí, foi a primeira fonte oficial a confirmar a morte. Ele disse que ainda não tem maiores detalhes sobre o caso e que está iniciando as investigações.

Eleito prefeito em 2016, com 53,5% dos votos válidos (31.268 votos), Jones William era investigado pelo Ministério Público Federal, sob acusação de fraude em licitações.

Jones William é o segundo prefeito paraense – entre os eleitos em 2016 – a ser assassinato no Estado. Antes foi assassinado o prefeito de Breu Branco (Diego Kolling, do PSD), em 16 de maio. Em dezembro de 2016 foi assassinado o prefeito de Goianésia do Pará (João Gomes da Silva, do PR), quando participava de um velório.

Publicidade

Relacionados