Jacundá contemplado com Núcleo de Regularização Fundiária

Com a instalação de um núcleo do Incra no município, o produtor rural não precisa mais se deslocar até Marabá
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

Com mais de 2 mil quilômetros quadrados de extensão territorial, o município de Jacundá tem uma população rural que anseia pelos títulos dos imóveis. E, na sexta-feira (6), por meio de uma cooperação técnica entre o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) e Prefeitura Municipal foi inaugurado o primeiro núcleo de regularização fundiária.

A solenidade contou com a presença de políticos e representantes do setor produtivo do município e do Incra. Prefeito Itonir Tavares (PL), Aveilton de Souza, superintendente do Incra; deputado federal Joaquim Passarinho (PSD) e os deputados estaduais Doutora Heloísa (DEM) e Delegado Caveira (PP); Júlio Adolfo, presidente do Sindicato dos Produtores Rurais de Jacundá (Sinrural), secretários municipais e vereadores.

“Após a conclusão dos treinamentos, os servidores municipais estarão aptos a ir pra campo fazer levantamento das demandas, seja de crédito, de construção de casa, tudo isso visando a titulação definitiva”, explicou Aveilton de Souza. “Iniciativas como essa, mostram a importância que o produtor rural tem, trazendo um núcleo do Incra aqui para o município, evitando que ele precise se deslocar para Marabá. Isso é o reconhecimento de que o produtor rural, seja do tamanho que for, merece respeito”, afirmou Joaquim Passarinho.

Para o seu Júlio, presidente do Sinrural, disse que hoje Jacundá deu o primeiro passo para a resolução de um problema muito latente entre os produtores rurais. “Entre as pautas do segmento produtivo, essa questão da regularização fundiária é uma das que está no topo. Porque com a regularização, você resolve a questão da falta de segurança jurídica e do acesso a crédito, porque a primeira coisa que os bancos pedem é o documento”, avaliou o sindicalista.

(Antonio Barroso)

Deixe seu comentário

Posts relacionados