Gol discute estratégias para voo Belém – Suriname

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

Aviação , Fabianni Rebelo, Adriana Motta, Adenauer Góes, Edna Rocha e Cristina Damasceno, durante reunião realizada hoje (foto divulgação)

Fabianni Rebelo, Adriana Motta, Adenauer Góes, Edna Rocha e Cristina Damasceno

No dia 25 de agosto deste ano, a Gol começará a operar a rota internacional Belém-Paramaribo (Suriname). Para discutir assuntos referentes ao novo voo, foi realizada hoje reunião entre as executivas da Gol, Adriana Motta, Cristina Damasceno e Fabianni Rebelo, juntamente com o secretário de Estado de Turismo, Adenauer Góes, e a presidente da Associação Brasileira das Agências de Viagem do Pará (Abav-PA), Edna Rocha.

No encontro foram debatidas estratégias de operacionalização, promoção e comercialização do novo voo em ambos os destinos. As rotas internacionais têm sido uma das ações prioritárias da Secretaria de Estado de Turismo (Setur) do Pará, como parte de uma estratégia do Governo do Estado definida no Plano de Turismo Ver-o-Pará, cujo intuito é garantir e facilitar a entrada de turistas estrangeiros no Estado.

“Temos interesse em fazer essa retomada e estreitar relações com o Suriname, no que diz respeito à mobilização de pessoas, tanto para lazer quanto para negócios, com visão atenta ao turismo receptivo, além da importância do transporte de cargas na relação importação e exportação destas mercadorias que entram e saem do país, através de outros estados”, diz Góes.

A nova rota visa atender 15 mil brasileiros que vivem em Suriname, permitindo também a ligação com as diversas cidades operadas pela Gol na América do Sul, Caribe e Estados Unidos, e com a companhia holandesa parceira KLM, que opera quatro vezes por semana entre Amsterdã e Paramaribo. (PANROTAS)

Publicidade

Posts relacionados