Evento “Novembro Negro” promove ações contra a desigualdade racial

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

OUTDOOR - Novo Formato- 02

Hoje, 20 de novembro, é comemorado em todo o país o Dia da Consciência Negra. Em Parauapebas, o Movimento Negro de Parauapebas (Movinep) está realizando o Novembro Negro, evento com diversas ações com o objetivo de lutar contra a discriminação racial e o preconceito.

De acordo com o coordenador do grupo, Tonico Ferreira, o movimento que já existe há dez anos, não pretende segregar raças e sim eliminar as diferenças e igualar os direitos, independente da cor da pele. Para ele, algumas das formas mais comuns de discriminação ainda acontecem no meio empregatício. “ Ainda notamos muita discriminação nas contratações de empresas privadas. Alguns empregadores não levam em conta o conhecimento do candidato e preferem outros padrões de beleza e, geralmente, o negro acaba não sendo o escolhido”, explica.

Mesmo assim, Tonico lembra a participação do negro no desenvolvimento do país em diversas áreas. “Temos representantes em vários meios: na música, poesia, arte, teatro, esporte, política e, recentemente, um grande representante na área do judiciário, o Joaquim Barbosa”, afirma.

A programação do Novembro Negro começou nessa quinta-feira (19) e segue até sábado (21). Diversos cantores, bandas, escolas de samba, grupos culturais e de capoeira se apresentarão na Praça Mahatma Gandhi.