Encontro em Marabá pede navegação já

Continua depois da publicidade

Acontecerá em Marabá, na Câmara Municipal, dia 13 de junho, o XXIV Encontro Sobre o Corredor Centro Norte, numa promoção conjunta do Movimento Pró-Logística, Sindicato de Armadores do Pará – SINDARPA e a Agência de Desenvolvimento Sustentável do Corredor Centro Norte.

As instituições promotoras ao realizar novamente em Marabá o encontro – o último aconteceu em 2011, também na Câmara Municipal -, pretendem colocar em discussão a navegação do trecho que vai do lago de Tucuruí até Marabá, trecho que em alguns meses no ano tem a navegação dificultada pelo fato de o derrocamento do Pedral do Lourenço não ter acontecido, apesar das eclusas de Tucuruí estarem concluídas há dois anos.

Para o evento já confirmaram a presença o Superintendente da AHIMOR – Administração das Hidrovias da Amazônia Oriental, Michel Dib Tachi; o Superintendente de Navegação Interior da ANTAQ, Adalberto Tokarski; o Diretor Executivo do Movimento Pró-Logística, Edeon Vaz; o presidente do SINDARPA Eduardo Carvalho; a Companhia de Portos e Hidrovias do Estado do Pará, Haroldo Costa Bezerra; inúmeros empresários e lideres da região.

Segundo Edeon Vaz a saída pelo Tocantins é estratégica para a produção de Grãos do Centro Norte brasileiro, dom destaque para o estado de Mato Grosso e a viabilização do Pedral do Lourenço é urgente a fim de garantir uma navegação segura o ano inteiro, durante 24h ao dia.

A abertura do XXIV Encontro contará com as presenças do Prefeito Municipal João Salame Neto e da Presidente da Câmara Municipal Julia Maria Rosa Veloso, onde vários temas serão tratados, tais como: “ Derrocamento do Pedral do Lourenço, Porto Público em Marabá, Demanda de transporte, terminal de uso Múltiplo 2 de Vila do Conde, ALPA, Usina de Marabá, dentre outros.

O encontro elaborará a CARTA DE MARABÁ que será enviada para as principais autoridades dos governos Federal e estadual.

Fonte: Assessoria de Comunicação da ADECON