Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Receita Federal

Pará já entregou mais de 198 mil declarações do IRPF 2017

O prazo de entrega da declaração vai até 28 de abril.
Continua depois da publicidade

Segundo a Receita Federal, até ontem (5/4) às 17 horas,  198.642 declarações foram recebidas pelos sistemas da Receita no Pará.  O prazo de entrega da declaração vai até 28 de abril.

Na 2ª Região Fiscal (AC, AM, AP, PA, RO, RR), 455.624 contribuintes cumpriram a obrigação com o fisco federal.

Neste ano o programa Receitanet foi incorporado ao PGD IRPF 2017, não sendo mais necessária a sua instalação em separado.

Todas as informações sobre a declaração do IRPF 2017 estão disponíveis
aqui.  

IRPF

Receita abre na segunda-feira (9/1) consulta ao lote residual de restituição do IRPF do mês de JAN/2017. Mais de 4 mil serão contemplados em todo o Pará.

No Pará repasses serão na ordem de R$ 9.992.250,45
Continua depois da publicidade

A partir das 9 horas de segunda-feira, 9 de janeiro, estará disponível para consulta o lote multiexercício de restituição do Imposto sobre a Renda da Pessoa Física, que contemplará 4.826 contribuintes em todo o Pará, totalizando R$ 9.992.250,45 (nove milhões, novecentos e noventa e dois mil, duzentos e cinquenta Reais e quarenta e cinco centavos).

Na 2ª Região Fiscal (AC, AM, AP, PA, RO e RR) serão liberados créditos no valor total de R$ 19.375.825,70 (dezenove milhões, trezentos e setenta e cinco mil, oitocentos e vinte e cinco Reais e setenta centavos) para 9.768 contribuintes.

O lote multiexercício de restituição do Imposto sobre a Renda da Pessoa Física contempla as restituições residuais, referentes aos exercícios de 2008 a 2016.

O crédito bancário para 177.539 contribuintes será realizado no dia 16 de janeiro, totalizando o valor de R$ 370 milhões. Desse total, R$ 6.768.661,55 referem-se ao quantitativo de contribuintes de que trata o Art. 69-A da Lei nº 9.784/99, sendo 21.130 contribuintes idosos e 2.232 contribuintes com alguma deficiência física ou mental ou moléstia grave.

Consulta

Para saber se teve a declaração liberada, o contribuinte deverá acessar a página da Receita na Internet, ou ligar para o Receitafone 146. Na consulta à página da Receita, serviço e-CAC, é possível acessar o extrato da declaração e ver se há inconsistências de dados identificadas pelo processamento. Nesta hipótese, o contribuinte pode avaliar as inconsistências e fazer a autorregularização, mediante entrega de declaração retificadora.

A Receita disponibiliza, ainda, aplicativo para tablets e smartphones que facilita consulta às declarações do IRPF e situação cadastral no CPF. Com ele será possível consultar diretamente nas bases da Receita Federal informações sobre liberação das restituições do IRPF e a situação cadastral de uma inscrição no CPF.

A restituição ficará disponível no banco durante um ano. Se o contribuinte não fizer o resgate nesse prazo, deverá requerê-la por meio da Internet, mediante o Formulário Eletrônico – Pedido de Pagamento de Restituição, ou diretamente no e-CAC, no serviço Extrato do Processamento da DIRPF.

Caso o valor não seja creditado, o contribuinte poderá contatar pessoalmente qualquer agência do BB ou ligar para a Central de Atendimento por meio do telefone 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (telefone especial exclusivo para deficientes auditivos) para agendar o crédito em conta-corrente ou poupança, em seu nome, em qualquer banco.

Pará

Mais de 38 mil contribuintes terão direito ao 5º Lote de Restituição do IRPF/2016 no Pará

Continua depois da publicidade

Receita abre amanhã, dia 7, consulta ao quinto lote de restituição do IRPF de 2016.

A partir das 9 horas de amanhã, 7 de outubro, estará disponível para consulta o quinto lote de restituição do IRPF 2016, que contempla 38.604contribuintes, totalizando R$ 50.273.600,36 em todo o Estado do Pará.

Na 2ª Região Fiscal, que engloba os Estados do Acre, Amapá, Amazonas, Pará, Rondônia e Roraima, serão liberados créditos no valor total de R$ 108.375.875,16 para 86.013 contribuintes.

O lote multiexercício de restituição do Imposto sobre a Renda da Pessoa Física contempla também restituições dos exercícios de 2008 a 2015.

O crédito bancário para 2.221.405 contribuintes, em todo o Brasil, será realizado no dia 17 de outubro, totalizando o valor de R$ 2,7 bilhões. Desse total, R$ 111.469.566,87 referem-se ao quantitativo de contribuintes de que trata o Art. 69-A da Lei nº 9.784/99, sendo 25.150 contribuintes idosos e 3.111 contribuintes com alguma deficiência física ou mental ou moléstia grave.

Para saber se teve a declaração liberada, o contribuinte deverá acessar a página da Receita na Internet (http://idg.receita.fazenda.gov.br), ou ligar para o Receitafone 146. Na consulta à página da Receita, serviço e-CAC, é possível acessar o extrato da declaração e ver se há inconsistências de dados identificadas pelo processamento. Nesta hipótese, o contribuinte pode avaliar as inconsistências e fazer a autorregularização, mediante entrega de declaração retificadora.

A Receita disponibiliza, ainda, aplicativo para tablets e smartphones que facilita consulta às declarações do IRPF e situação cadastral no CPF. Com ele será possível consultar diretamente nas bases da Receita Federal informações sobre liberação das restituições do IRPF e a situação cadastral de uma inscrição no CPF.

A restituição ficará disponível no banco durante um ano. Se o contribuinte não fizer o resgate nesse prazo, deverá requerê-la por meio da Internet, mediante o Formulário Eletrônico – Pedido de Pagamento de Restituição, ou diretamente no e-CAC, no serviço Extrato do Processamento da DIRPF.

Caso o valor não seja creditado, o contribuinte poderá contatar pessoalmente qualquer agência do BB ou ligar para a Central de Atendimento por meio do telefone 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (telefone especial exclusivo para deficientes auditivos) para agendar o crédito em conta-corrente ou poupança, em seu nome, em qualquer banco.

Pará

Receita abre na quinta-feira, 8, consulta ao quarto lote de restituição do IRPF de 2016

Continua depois da publicidade

Mais de 45 mil terão direito ao 4º Lote de Restituição do IRPF/2016 no Pará. 

A partir das 9 horas de quinta-feira, 8 de agosto, estará disponível para consulta o quarto lote de restituição do IRPF 2016, que contempla 45.803 contribuintes, totalizando R$ 62.108.695,22 em todo o Estado do Pará.

Na 2ª Região Fiscal que engloba os Estados do Acre, Amapá, Amazonas, Pará, Rondônia e Roraima serão liberados créditos no valor total de R$ 136.613.221,18 para 103.570 contribuintes.

O lote multiexercício de restituição do Imposto sobre a Renda da Pessoa Física contempla também restituições dos exercícios de 2008 a 2015.

O crédito bancário para 2.176.455 contribuintes em todo o Brasil será realizado no dia 15 de setembro, totalizando o valor de R$ 2,7 bilhões. Desse total, R$ 187.345.916,54 referem-se ao quantitativo de contribuintes de que trata o Art. 69-A da Lei nº 9.784/99, sendo 37.916 contribuintes idosos e 4.175 contribuintes com alguma deficiência física ou mental ou moléstia grave.

Consulta

Para saber se teve a declaração liberada, o contribuinte deverá acessar a página da Receita na Internet (http://idg.receita.fazenda.gov.br), ou ligar para o Receitafone 146. Na consulta à página da Receita, serviço e-CAC, é possível acessar o extrato da declaração e ver se há inconsistências de dados identificadas pelo processamento. Nesta hipótese, o contribuinte pode avaliar as inconsistências e fazer a autorregularização, mediante entrega de declaração retificadora.

A Receita disponibiliza, ainda, aplicativo para tablets e smartphones que facilita consulta às declarações do IRPF e situação cadastral no CPF. Com ele será possível consultar diretamente nas bases da Receita Federal informações sobre liberação das restituições do IRPF e a situação cadastral de uma inscrição no CPF.

A restituição ficará disponível no banco durante um ano. Se o contribuinte não fizer o resgate nesse prazo, deverá requerê-la por meio da Internet, mediante o Formulário Eletrônico – Pedido de Pagamento de Restituição, ou diretamente no e-CAC, no serviço Extrato do Processamento da DIRPF.

Caso o valor não seja creditado, o contribuinte poderá contatar pessoalmente qualquer agência do BB ou ligar para a Central de Atendimento por meio do telefone 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (telefone especial exclusivo para deficientes auditivos) para agendar o crédito em conta-corrente ou poupança, em seu nome, em qualquer banco.

Pará

Receita Federal libera consultas ao 3º lote de restituições do IR 2016

Continua depois da publicidade

A Delegacia da Receita Federal em Belém abriu consulta ao terceiro lote de restituição do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF 2016). O crédito bancário será disponibilizado dia 15 deste mês, que contempla, em Belém, 28.776 contribuintes, totalizando R$ 49.746.174,54. O lote multiexercício de restituição do Imposto sobre a Renda da Pessoa Física contempla também restituições dos exercícios de 2008 a 2015.

A Receita disponibiliza, ainda, aplicativo para tablets e smartphones, o qual facilita a consulta às declarações do IRPF e situação cadastral no CPF. Com ele será possível consultar diretamente informações sobre liberação das restituições do IRPF e a situação cadastral de uma inscrição no CPF nas bases da Receita Federal.
A restituição ficará disponível no banco durante um ano. Se o contribuinte não fizer o resgate nesse prazo, deverá requerê-la por meio da internet, mediante o Formulário Eletrônico – Pedido de Pagamento de Restituição, ou diretamente no e-CAC, no serviço Extrato do Processamento da DIRPF.

Caso o valor não seja creditado, o contribuinte poderá contatar pessoalmente qualquer agência do Banco do Brasil ou ligar para a Central de Atendimento por meio do telefone 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (telefone especial exclusivo para deficientes auditivos).

Pará

Receita libera os créditos referentes ao segundo lote de restituição do IRPF de 2016. No Pará, mais de 37 mil foram contemplados

Continua depois da publicidade

A partir de hoje, 15 de julho, está disponível o segundo lote de restituição do IRPF 2016, que contempla 37.352 contribuintes no Estado, totalizando R$ 83.751.077,93 bilhões.

Na 2ª Região Fiscal que engloba os estados do Acre, Amapá, Amazonas, Pará, Rondônia e Roraima, um total de R$ 181.606.097,78 foram liberados para 90.698 contribuintes.

O lote multiexercício de restituição do Imposto sobre a Renda da Pessoa Física contempla também restituições dos exercícios de 2008 a 2015.

Lote de Restituição Multiexercício do IRPF-JUL/2016 – Pará
Ano do exercício
Nº de Contribuintes
Valor
Correção pela Selic
2016
35.896
80.834.941,27
3,27%(maio de 2016 a julho de 2016)
2015
759
1.880.246,01
16,34%(maio de 2015 a julho de 2016)
2014
341
559.217,23
27,26%(maio de 2014 a julho de 2016)
2013
206
247.538,41
36,16%(maio de 2013 a julho de 2016)
2012
95
168.330,15
43,41%(maio de 2012 a julho de 2016)
2011
44
54.180,15
54,16%(maio de 2011 a julho de 2016)
2010
3
1.210,38
64,31%(maio de 2010 a julho de 2016)
2009
5
3.295,38
72,77%(maio de 2009 a julho de 2016)
2008
3
2.118,95
84,84%(maio de 2008 a julho de 2016)

Na capital paraense 24.660 contribuintes terão direito a R$ 61.275.924,12. Já em Marabá, 8.661 receberão o total de R$ 15.930.364,31 e em Santarém 4.031 receberão ao todo R$ 6.544.789,50.

A Receita disponibiliza, ainda, aplicativo para tablets e smartphones, o qual facilita a consulta às declarações do IRPF e situação cadastral no CPF. Com ele será possível consultar diretamente informações sobre liberação das restituições do IRPF e a situação cadastral de uma inscrição no CPF nas bases da Receita Federal.

A restituição ficará disponível no banco durante um ano. Se o contribuinte não fizer o resgate nesse prazo, deverá requerê-la por meio da internet, mediante o Formulário Eletrônico – Pedido de Pagamento de Restituição, ou diretamente no e-CAC, no serviço Extrato do Processamento da DIRPF.

Caso o valor não seja creditado, o contribuinte poderá contatar pessoalmente qualquer agência do BB ou ligar para a Central de Atendimento por meio do telefone 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (telefone especial exclusivo para deficientes auditivos) para agendar o crédito em conta-corrente ou poupança, em seu nome, em qualquer banco.

Pará

Receita abre na sexta-feira consulta ao segundo lote de restituição do IRPF de 2016. No Pará, mais de 37 mil serão contemplados.

Continua depois da publicidade

A partir das 9 horas de amanhã, 8 de julho, estará disponível para consulta o segundo lote de restituição do IRPF 2016, que contempla 37.352 contribuintes no Estado, totalizando R$ 83.751.077,93. 

Na 2ª Região Fiscal que engloba os estados do Acre, Amapá, Amazonas, Pará, Rondônia e Roraima, um total de R$ 181.606.097,78 será liberado para 90.698 contribuintes.

O lote multiexercício de restituição do Imposto sobre a Renda da Pessoa Física contempla também restituições dos exercícios de 2008 a 2015.

O crédito bancário para 1.566.533 contribuintes, em todo o Brasil, será realizado no dia 15 de julho, totalizando o valor de R$ 2,7 bilhões. Desse total, R$ 951.605.753,26 referem-se ao quantitativo de contribuintes de que trata o Art. 69-A da Lei nº 9.784/99, sendo 477.147 contribuintes idosos e  51.310  contribuintes com alguma deficiência física ou mental ou moléstia grave.

A Receita disponibiliza, ainda, aplicativo para tablets e smartphones, o qual facilita a consulta às declarações do IRPF e situação cadastral no CPF. Com ele será possível consultar diretamente informações sobre liberação das restituições do IRPF e a situação cadastral de uma inscrição no CPF nas bases da Receita Federal.

A restituição ficará disponível no banco durante um ano. Se o contribuinte não fizer o resgate nesse prazo, deverá requerê-la por meio da internet, mediante o Formulário Eletrônico – Pedido de Pagamento de Restituição, ou diretamente no e-CAC, no serviço Extrato do Processamento da DIRPF.

Caso o valor não seja creditado, o contribuinte poderá contatar pessoalmente qualquer agência do BB ou ligar para a Central de Atendimento por meio do telefone 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (telefone especial exclusivo para deficientes auditivos) para agendar o crédito em conta-corrente ou poupança, em seu nome, em qualquer banco.

Pará

Receita abre na quarta-feira, 8, consulta ao 1º lote de restituição do IRPF de 2016. Pará terá 33 mil contribuintes contemplados.

Continua depois da publicidade

A partir das 9 horas de quarta-feira, 8 de junho, estará disponível para consulta o 1º lote de restituição do IRPF de 2016, que contemplará 33.172 contribuintes no Estado do Pará, totalizando  R$ 69.588.667,81.

Na 2ª Região Fiscal (AC, AM, AP, PA, RO, RR), mais de 129 milhões serão liberados para 67.001 contribuintes.

O lote de restituição do Imposto sobre a Renda da Pessoa Física contempla também restituições residuais dos exercícios de 2008 a 2015.

O crédito bancário para 1.612.930 contribuintes em todo o Brasil será realizado no dia 15 de junho, totalizando o valor de R$ 2,65 bilhões. No presente lote, receberão a restituição os contribuintes de que trata o Art. 69-A da Lei nº 9.784/99, sendo 1.499.168 contribuintes idosos e 113.762 contribuintes com alguma deficiência física ou mental ou moléstia grave.

Como consultar

Para saber se teve a declaração liberada, o contribuinte deverá acessar a página da Receita (http://idg.receita.fazenda.gov.br/), ou ligar para o Receitafone 146. Na consulta à página da Receita, serviço e-CAC, é possível acessar o extrato da declaração e ver se há inconsistências de dados identificadas pelo processamento. Nesta hipótese, o contribuinte pode avaliar as inconsistências e fazer a autorregularização, mediante entrega de declaração retificadora.

A Receita disponibiliza, ainda, aplicativo para tablets e smartphones que facilita consulta às declarações do IRPF e situação cadastral no CPF. Com ele será possível consultar diretamente nas bases da Receita Federal informações sobre liberação das restituições do IRPF e a situação cadastral de uma inscrição no CPF.

A restituição ficará disponível no banco durante um ano. Se o contribuinte não fizer o resgate nesse prazo, deverá requerê-la por meio da Internet, mediante o Formulário Eletrônico – Pedido de Pagamento de Restituição, ou diretamente no e-CAC, no serviço Extrato do Processamento da DIRPF.

Caso o valor não seja creditado, o contribuinte poderá contatar pessoalmente qualquer agência do BB ou ligar para a Central de Atendimento por meio do telefone 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (telefone especial exclusivo para deficientes auditivos) para agendar o crédito em conta-corrente ou poupança, em seu nome, em qualquer banco.