De volta ao cargo, Jeová Andrade convoca imprensa para coletiva

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

Jeová Andrade está de volta ao cargo de prefeito de Canaã dos Carajás. Pouco mais de 20 dias depois que uma ação judicial o afastou do poder, o gestor eleito de Canaã dos Carajás foi reconduzido à Prefeitura Municipal após decisão do Tribunal de Justiça Eleitoral do Pará, expedida pela desembargadora Luzia Nadja Guimarães Nascimento. A volta do prefeito ao seu cargo foi possível graças ao bom trabalho desenvolvido pela advocacia do município, na pessoa do Procurador Hugo Leonardo. O profissional e sua equipe alegaram, entre outras coisas, que não havia registro de interferência negativa do prefeito na produção de provas do processo.

Em seu primeiro ato após a volta, o chefe do executivo concedeu o reajuste aos servidores públicos municipais de Canaã, em reunião na capital Belém. Logo depois, já de volta à cidade, o prefeito convocou toda a imprensa local para falar sobre o seu retorno à Prefeitura e quais são os próximos passos de sua gestão.

Acompanhando de Alexandre Pereira, responsável pela missão de substitui-lo durante o afastamento, o prefeito falou por quase uma hora e respondeu às perguntas feitas sobre o seu processo, arrecadação e planejamento de gestão. Na ocasião, o gestor afirmou que o ânimo que tinha em 2013, quando assumiu a Prefeitura, é o mesmo que tem agora, cinco anos depois.

Em sua fala, Jeová afirmou estar de cabeça erguida para recomeçar: “Estou de volta confiante, assim como permaneci nesses últimos 20 dias. Perfeição não existe em governo nenhum, mas nós estamos tentando fazer sempre o melhor por Canaã.” Sobre os novos passos da gestão, o prefeito falou: “Eu sempre disse que o mês de abril vai ser um mês de retomada do crescimento da receita. Acredito que em breve teremos uma compensação pela queda dos impostos que vinham das empresas que foram embora e poderemos retomar o nosso crescimento. Outro ponto que nos preocupava bastante era a questão hídrica, mas graças a Deus a água veio com vontade esse ano e isso é positivo. Assim que a chuva der uma trégua, o programa Asfalta Canaã vai voltar com força total. Além disso, temos um convênio com o Ministério da Integração para fazer 4 quilômetros de asfalto na VS-52 e também, com um recurso que vem do Fundo Regional de Desenvolvimento, vamos fazer o asfalto da Weyne até o Distrito Industrial e fazer uma rotatória ali na entrada da cidade.”

Questionado sobre as falhas apontadas pelo Ministério Público que resultaram no seu afastamento, o prefeito Jeová deixou claro que o contrato com o escritório de advocacia foi encerrado no ano passado, logo após recomendação do próprio MP: “Nós cumprimos o que eles nos recomendaram, mas mesmo assim eles provocaram a justiça pedindo o afastamento. Lógico que respeito a decisão que tomaram, eles fizeram a parte deles, mas o governo também está fazendo a parte dele, recorremos ao Tribunal de Justiça e eles optaram pela reintegração do mandato. Eu retornei com otimismo e acreditando que a gente vai melhorar o diálogo com o próprio judiciário, MP, pois precisamos desse apoio para buscar melhores caminhos e desenvolver essa cidade.”

Sobre as mudanças que Alexandre Pereira fez no time de secretários durante a sua ausência, Jeová afirmou que não deve fazer alterações no primeiro momento: “O Alexandre continuou o trabalho aqui com muita responsabilidade e clareza. Ele achou que seria melhor fazer as substituições daqueles que estavam citados. Nós tivemos uma conversa juntos e vamos dialogar mais para saber se vamos precisar mudar alguns nomes ou se vamos continuar com a equipe. Ainda não temos uma definição, mas hoje permanece do jeito que está.”

Com o aumento do CFEM, o prefeito garantiu que o governo trará avanços na questão social para a população: “Com o ganho que teremos, a ideia é fazer um grande projeto social. Vamos aumentar a distribuição de cestas básicas, teremos o vale gás, o programa leite é vida. Tudo isso, para favorecer essa população mais necessitada.”

Jeová também afirmou que pretende ampliar a qualidade na educação, na saúde, incentivar a geração de emprego e renda, implantar, ainda este ano, o monitoramento eletrônico em toda a cidade, continuar o asfalto no município e licitar o novo prédio da Prefeitura Municipal. Segundo o gestor, a meta é que até o final de seu mandato toda a cidade esteja asfaltada e nenhum prédio público esteja no aluguel.

Por Kleysykennyson Carneiro – Correspondente em Canaã dos Carajás