Com apoio de lideranças, prefeita de Eldorado suspende comemoração de 30 anos da cidade

Iara Braga justifica aumento de casos de covid-19 na região e pede aos moradores que busquem a vacinação.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

A prefeita de Eldorado do Carajás, Iara Braga, suspendeu temporariamente as comemorações pelos 30 anos do município. O motivo foi o aumento de casos de covid-19 na região e municípios vizinhos. A decisão divulgada em vídeo, compartilhado nos canais oficiais da prefeitura, teve apoio de vários segmentos da sociedade.

Iara Braga enfatizou que a programação de aniversário da cidade só será retomada quando todos os grupos prioritários se imunizarem com as duas doses da vacina. “Informamos que em momento oportuno, daremos continuidade a estas programações, mediante a normalização do atual cenário e ainda, considerando aumento de pessoas devidamente imunizadas” ressaltou a prefeita.

No vídeo, aparecem as lideranças do município, que estavam organizando as atrações da festa de 30 anos de Eldorado junto com a prefeitura. São representantes  da Igreja Católica, Conselho Pastoral Evangélico, Câmara Municipal, Song Festival, Motocross, Cavalgada, além da participação do Conselho de Saúde e Secretaria Municipal de Saúde.

Vacinação

A prefeitura tem investido na aplicação das vacinas contra covid-19 nas unidades básicas de saúde, mas ainda há moradores que resistem à imunização. De acordo com o Boletim Epidemiológico divulgado nesta segunda-feira (29), o município registrou 11 casos confirmados da doença nas últimas 72 horas. Outros 45 casos estão sendo monitorados, mas nenhuma pessoa está internada. Desde o início da pandemia, 31 pessoas perderam a vida para a Covid-19.

A prefeita Iara pediu o apoio do cidadão eldoradense para que busque a aplicação das doses, e se proteja do vírus e da nova variante ômicron, que é mais contagiosa. Segundo a prefeita, assim que a população estiver vacinada e protegida, as comemorações serão realizadas no município. Para boa parte da população, a decisão da prefeitura foi correta, coerente e responsável.

Por Dayse Gomes

Deixe seu comentário

Posts relacionados