Acusado de intermediar morte de sargento do Exército é preso em Marabá

Romildo Ribeiro foi vítima de emboscada e levou 6 tiros quando saía de sua fazenda
Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on print
Imprimir

Continua depois da publicidade

Na tarde desta segunda-feira, 18 de março, a Superintendência de Polícia Civil de Marabá cumpriu mandado de prisão temporária contra Astro Pereira Oliveira, suspeito de envolvimento no crime de tentativa de homicídio contra o sargento do Exército Brasileiro Romildo Ribeiro. Ele foi vítima de uma embosca em Morada Nova, no dia 26 de fevereiro último, próximo de sua fazenda, localizada entre Morada Nova e Nova Ipixuna.

Segundo a Polícia Civil, Astro é considerado o intermediador entre o mandante e os executores do crime e foi preso no Bairro Morada Nova, onde reside e tem um comércio na estrada que dá acesso à Vila Murumuru.

Segundo o delegado Thiago Carneiro, superintendente de Polícia Civil, as diligências continuam para capturar o restante dos envolvidos na tentativa de assassinato.

Conhecido como “Funga”, sargento Romildo Ribeiro saía de sua fazenda por volta de 9 horas, quando foi alvejado. Ele estava dentro de um carro particular com vidro fumê e um homem disparou seis tiros em sua direção. As balas atingiram sua mão, um braço e o rosto. Achando que a vítima estava morta, o atirador fugiu em seguida. Mas ele foi socorrido no próprio veículo e levado para o Hospital de Guarnição de Marabá (HGuMBA), onde passou por cirurgia e está se recuperando.

Publicidade

Relacionados