Torcida paraense compareceu em massa ao jogo final da Série C

Paysandu x Macaé no Mangueirão - jogo final da Série C - Foto Antônio Cícero

Mangueirão recebeu público de 37.960 pessoas no sábado (22) para o jogo final da Série C entre Paysandu (PA) e Macaé (RJ), com renda de R$1.670.710,00. Infelizmente o resultado de 3 a 3 deixou o time carioca com a Taça, já que o resultado do primeiro jogo, no Rio de Janeiro, foi 1 a 1. A foto é de Antônio Cícero.

Sehab apresenta residencial Vila Nova a famílias pré-selecionadas

Cerca de 650 famílias pré-selecionadas para receberem uma unidade habitacional do residencial Vila Nova visitaram pela primeira vez o empreendimento. A visita, realizada nos dias 19 e 20 de novembro, faz parte do Trabalho Técnico Social do Programa Minha Casa Minha Vida.

Na ação, conduzida por equipe da Secretaria Municipal de Habitação (Sehab), juntamente com coordenação de habitação da Secretaria Municipal de Obras e engenheiros HF Engenharia, empresa responsável pela construção pela obra, os moradores conheceram o método construtivo do projeto, detalhes das áreas institucionais e tiraram dúvidas sobre os limites de terreno destinado a cada casa e como receberão o benefício.

A visita à futura residência faz parte de um trabalho técnico social que envolve várias ações que acontecem antes, durante a obra e continuam após a mudança das Famílias. A assistente social Bertha Moraes destaca que com ações desse tipo é possível criar lideranças, fortalecer mobilização e a organização comunitária. “A proposta é que as famílias acompanhem o andamento das obras e já se familiarizem com a comunidade no entorno da futura moradia”, destacou a assistente social.

As famílias se mostraram bastante entusiasmadas e elogiaram as casas. Muitas ficaram surpresas, principalmente com a placa de energia solar, que permite ter aquecedor para chuveiro elétrico sem custo para o morador.

Mãe de dois filhos, a dona de casa Cleidiane Ferreira Santos, ex-moradora do Alto Bonito, disse que ficou feliz com o que viu e não ver a hora de receber as chaves da sua casa. “Eu morava em condições precárias e nunca imaginei um dia ter uma casa tão bonita assim”, declarou a moradora, com os olhos em lágrimas.

Construído pelo governo federal, através do Programa Minha Casa Minha Vida, em parceria com o governo municipal, o residencial Vila Nova, localizado numa área do Bairro dos Minérios, contará com infraestrutura completa, esgotamento sanitário e ruas asfaltadas, além de quadra poliesportiva e unidade de saúde. O empreendimento será o primeiro a ser entregue pela gestão do prefeito Valmir Mariano.

Texto e fotos: Eliane Andrade/Sehab

Australianos planejam empreender no Pará

Um grupo de empresários, a convite da Vale, conheceu as suas operações e  reuniu-se com a Seicom  para estreitar laços e criar oportunidades de negócios

Comitiva_em_visita_ao_S11D,_em_Canaã_dos_Carajás_1O Pará está no roteiro das delegações estrangeiras interessadas em conhecer as potencialidades do estado e as oportunidades de negócios na região. Entre elas, a australiana, que esteve esta semana no estado em uma programação de visitas e reuniões técnicas.  A vinda da comitiva foi intermediada pela Vale. A iniciativa faz parte das ações da empresa para apoiar a instalação de novos empreendimentos no estado, previstas no protocolo de intenções, assinado no ano passado entre Vale e Secretaria de Estado de Indústria, Comércio e Mineração (Seicom).

Na reunião realizada na Seicom, a secretária de Governo, Maria Amélia Enríquez, apresentou o Estado e as suas oportunidades de expansão e  atração de novos investimentos nas diversas áreas de negócios, além da mineração. Ela falou do “Selo de Prioridade”, um programa do governo estadual que agiliza serviços, como emissões de licenças para que os investidores também tenham celeridades na instalação de seus empreendimentos na região. A secretária destacou ainda um resultado bem sucedido de parceria com a Vale, por meio do protocolo de intenções. “O acordo é uma iniciativa para construirmos um pacto em prol do desenvolvimento do Estado e já está dando frutos, como a instalação da empresa Correias Mercúrio que trouxemos para Marabá”. A empresa é fabricante de correias transportadoras e atende os segmentos de mineração e siderurgia. A Vale está entre os seus maiores clientes.

O diretor de Energia e Institucional da Vale no Pará, João Coral, destacou o envolvimento na busca pelo desenvolvimento do Pará. ” Juntos queremos buscar atrair fornecedores, formar pessoas e  mercado e ajudar o nosso país e o nosso estado no desenvolvimento socioeconômico”, disse o executivo.

Durante a reunião, os australianos receberam da secretária, o relatório com o Mapeamento de Insumos Estratégicos do Pará e o Guia do Investidor, entre outros materiais de consulta.

Ainda durante a semana, foram reservados momentos para uma visita de cortesia à Casa da Mineração, em Belém, sede do Sindicado das Indústrias da Mineração (Simineral). No local, os australianos conheceram a exposição fotográfica “Sossego 10 anos”, que mostra os dez anos de operação da primeira unidade de cobre da Vale no mundo e que fica no Pará.  O grupo também visitou as instalações do Instituto Tecnológico Vale (ITV) – instituição de pesquisa e ensino da Vale que trabalha para criar possibilidades futuras, por meio da pesquisa científica e do desenvolvimento de tecnologias, em parceria com a comunidade científica mundial -, e a EXPOSIBRAM  Amazônia 2014, encerrada ontem, quinta-feira (20).

A programação no Pará se encerrou com visitas pelo sudeste do estado. O grupo passou pelas unidades operacionais da Vale. Em Carajás, no município de Parauapebas, eles conheceram a maior mina de ferro de céu aberto do mundo. Depois seguiram para o município de Canaã, onde está sendo implantando o maior projeto de ferro da história da Vale, o Projeto de Ferro Carajás S11D.

A missão australiana

A vinda da comitiva australiana ao Pará foi organizada pela Vale, com a participação da Austrade, Agência de Promoção de Comércio e Investimento do Governo Australiano, representada pelo Cônsul Geral daquele país, Kym Fullgrabe, que acompanha a delegação de empresários. No Brasil, a missão da comitiva termina nesta sexta-feira, 21, no Rio de Janeiro, sede da Vale, após reuniões com as áreas de Compras e de Suprimentos da empresa. O grupo também conheceu as operações da empresa em Minas Gerais.

As empresas que compõem a comitiva são do setor de equipamentos de mineração e que promovem o avanço da tecnologia australiana e inovação em mineração e recursos.

O cônsul Kym Fullgrabe falou sobre a importância da vinda ao Pará. “Além de conhecer uma das mais importantes operações e o mais grandioso projeto da Vale, como o S11D, foi extremamente valiosa a oportunidade que tivemos de entender como o setor mineral está organizado no estado e visualizar o que o governo do Pará está fazendo para atrair novos investimentos”. Fullgrabe concluiu, dizendo que a “Austrália tem empresas com larga experiência no setor mineral e que podem contribuir para o crescimento da mineração no Pará”, frisa.

Resultado da Mega-Sena 1655 – dois ganhadores

image

 

Com méritos, Macaé conquista título da Série C – Por Gerson Nogueira

Diante de quase 40 mil entusiasmados torcedores presentes ao estádio Jornalista Edgar Proença, o Macaé-RJ conquistou na tarde deste sábado o título brasileiro da Série C. O jogo foi eletrizante e o Papão chegou a estar vencendo por três vezes (1 a 0, 2 a 1 e 3 a 2), mas uma falha de cobertura aos 30 minutos do segundo tempo permitiu o empate definitivo, resultado que favorecia a equipe fluminense.

Ao longo dos 90 minutos de um confronto equilibrado e eletrizante, o Macaé mostrou superioridade e organização. Errava poucos passes e envolvia bem a marcação bicolor no meio-campo. Quando pressionava mais e já tinha perdido duas grandes oportunidades, vacilou na marcação pelo lado esquerdo e Aírton conseguiu fazer um cruzamento perfeito em direção à área. Zé Antônio saltou e cabeceou para as redes, aos 17 minutos.

Tranquilo, o time fluminense manteve a mesma distribuição de jogo, conseguindo empatar aos 44 minutos, em cobrança de escanteio. A bola passou pelos zagueiros e foi escorada para o gol pelo centroavante João Carlos.

Logo no reinício do jogo no segundo tempo, o Paissandu desempatou a partida. Ruan trocou passes com Bruno Vieira pelo lado esquerdo e avançou até às proximidades da área, de onde bateu forte e cruzado, aos 7 minutos. O gol incendiou a torcida alviceleste, que voltou a empurrar a equipe rumo à vitória e ao sonhado título.

Acontece que o Macaé não esmorecia. Aos 13 minutos, o lateral esquerdo Diego avançou e cruzou da linha de fundo para o desvio certeiro de João Carlos. A bola saiu alta, sem defesa para Paulo Rafael.

Pela primeira vez ameaçado quanto à conquista do título, Mazola botou Rômulo no lugar de Ricardo Capanema, aumentando o poder de fogo do time. E foi o próprio Rômulo que fez a galera explodir no Mangueirão. Ele recebeu cruzamento perfeito de Pikachu, tocando de letra para o gol de Milton Rafael. Um golaço, aos 23 minutos.

O jogo parecia sob feição para o Paissandu, mas o Macaé era a equipe mais consistente e criativa nas jogadas pelo meio. Numa escapada rápida pelo lado direito, Juba tabelou com Diego, que chegou batendo forte na saída de Paulo Rafael. A bola passou por baixo do goleiro, decretando o empate em 3 a 3.

A partir daí, o Papão foi todo à frente, pressionando com bolas aéreas, mas a zaga do Macaé resistiu bem. O time visitante ainda teve duas excelentes oportunidades para marcar, uma delas uma cobrança de falta que explodiu no travessão de Paulo Rafael.

Um empate justo, nas circunstâncias, e uma conquista justíssima do Macaé.

Quanto ao Papão, cabe valorizar e comemorar a conquista do acesso á Série B. E se orgulhar do belíssimo espetáculo proporcionado pela apaixonada torcida alviceleste, que ao final do jogo aplaudiu seus jogadores e os do Macaé, reconhecendo seus méritos.

Texto originalmente publicado no Blog do Gerson.

Cavalgada dos Amigos da Vila Paulo Fontelles é destaque no Conexão Rural neste domingo

CANAÃ.Still006A 2ª Cavalgada dos Amigos da Vila Paulo Fontelles, realizada dia 8 de novembro, é destaque do Conexão Rural neste domingo às 9hs na RBATV, Band, canal 30, de Parauapebas (PA) e no mesmo horário no SBT, canal 5, de Canaã dos Carajás (PA). O apresentador do programa, Lima Rodrigues, entrevista os organizadores e participantes da cavalgada e conversa com o cantor Caíque, que animou o evento interpretando muito modão sertanejo.

Será apresentada também uma entrevista com o fotógrafo Jhônatas Santos sobre o concurso de fotografia do campo promovido pelo Conexão Rural, em comemoração aos três anos do programa agora em dezembro. O concurso está aberto para amadores e a ideia é premiar a mais bela foto do campo na região de Parauapebas. Os interessados devem enviar as fotos para: programaconexaorural@gmail.com, informando o nome, endereço e telefone de contato.

O Conexão Rural traz ainda a música de João Lucas e Diego. A dupla se apresentou dia 8 de novembro no Parauapebas Music Festival. O programa tem produção, apresentação e direção do jornalista Lima Rodrigues e imagens de João Filho e Paulo Cavalcante e edição de João Pezão Filho.

Quase 14 mil veículos foram financiados no Pará em outubro

FinanciamentoO Pará liderou o ranking de financiamentos de veículos da região Norte, com 13.831 unidades, entre novas e usadas (modelos). O levantamento inclui automóveis de passeio e comerciais leves, motos, pesados e outros. O volume representou uma alta de 4,6% em relação a setembro e queda de 3,3% na comparação anual. O levantamento é da Cetip –  Central de Custódia e de Liquidação Financeira de Títulos -, que opera o maior banco de dados privado de informações sobre financiamentos de veículos do país, o Sistema Nacional de Gravames (SNG).

As vendas financiadas de motos superaram as outras categorias e totalizaram 6.555 unidades, um aumento de 5,7% frente a setembro. No total, também foram financiados no estado 6.602 automóveis leves e 636 pesados. No acumulado do ano, o número de financiamentos de veículos no Pará foi de 128.900 unidades.

Em outubro, a região Norte somou 33.753 financiamentos de veículos, entre novos e usados. O resultado representa uma alta de 5,8% em relação a setembro e queda de 1,2% na comparação anual. No acumulado do ano, a região já financiou 306.383 veículos.

O maior volume de vendas financiadas na região foi de automóveis leves, que totalizaram 18.570 unidades em outubro, aumento de 0,8% ante setembro e de 3,1% na comparação anual.

No Brasil, os veículos financiados somaram 579.100 unidades em outubro, entre automóveis leves, motocicletas, pesados e outros, apresentando uma alta de 2,6% frente ao mês anterior e uma queda de 3% em relação a outubro de 2013. Desse total, 281.416 foram de veículos novos e 297.684 foram de usados.

O SNG é uma base privada de abrangência nacional que reúne as informações sobre restrições financeiras de veículos dados como garantia em operações de concessão de crédito. Essa base é consultada e atualizada em tempo real pelas instituições financeiras.

Rapidinhas

Justificativa
Os mesários escalados para trabalhar durante o segundo turno das Eleições 2014 e que, por alguma razão, não compareceram, devem justificar a ausência até a próxima terça-feira (25). De acordo com o artigo 124 do Código Eleitoral, o mesário que faltou à convocação deve apresentar uma justa causa ao juiz eleitoral no prazo de 30 dias após o pleito. Quem não apresentar a justificativa poderá pagar multa que varia de meio a um salário mínimo. O Código Eleitoral prevê ainda que, se o mesário faltoso for servidor público ou de autarquias, a pena será de suspensão de até 15 dias.

Propaganda
Os candidatos, partidos políticos e coligações que disputaram o segundo turno da eleições 2014 têm até o dia 25 para retirar das ruas  toda e qualquer propaganda eleitoral. Após essa data a população pode denunciar através dos canais de comunicação da justiça eleitoral.

Impeachment
Um presidiário que cumpre pena por roubo em uma penitenciária paulista entrou com pedido de impeachment contra a presidente reeleita Dilma Rousseff por causa da superlotação dos presídios brasileiros. O inusitado pedido, inicialmente enviado ao Supremo Tribunal Federal (STF), chegou à Câmara no último dia 13 e é assinado pelo preso João Pedro Boria Caiado de Castro, de 37 anos, condenado a seis anos e 11 meses de prisão.

Impeachment 2
Na carta, João Pedro pede o enquadramento de Dilma em “crime de responsabilidade”, com base no artigo 8º da Lei nº 1.079/50, estendendo a acusação ao governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), e à “Justiça Pública Estadual”. Apesar da menção ao tucano com uma espécie de autor dos desmandos, o pedido de impeachment é direcionado apenas à petista. Desde 2011, a Câmara já arquivou 12 solicitações de abertura de processo contra a presidente. O pedido do presidiário já recebeu parecer pela rejeição.

Concurso PMP
A Comissão de Acompanhamento do Concurso Público a ser realizado pela Prefeitura de Parauapebas, composta pelo SINSEPPAR, Prefeitura Municipal e FADESP esteve reunida nos dias 20 e 21 de novembro, na sala da Coordenadora da CTRH, para dar início à elaboração do cronograma de realização do mesmo. O edital será lançado até o inicio de dezembro de 2014, com a realização das provas previstas para o inicio de fevereiro de 2015.

Prêmio Fiepa de Jornalismo
A votação popular para a escolha dos melhores profissionais do ano do Prêmio Sistema Fiepa de Jornalismo termina no próximo dia 27. Para votar clique aqui, preencha um pequeno cadastro e escolha aquele que considera o melhor de cada uma das 13 categorias do prêmio. Este Blog é finalista na categoria Blogueiro. Conto com o seu voto.

Ministeriáveis
Kátia Abreu, que foi reeleita senadora pelo PMDB do Tocantins, foi convidada pela presidente Dilma Rousseff para ser ministra da Agricultura no seu segundo mandato. Kátia Abreu é presidente da Confederação Nacional da Agricultura (CNA). Divino Donizete Borges Nogueira, do PT, é o 1º Suplente de Kátia Abreu e assumirá a vaga caso a senadora aceite o convite. Donizete Nogueira é do PT.

Ministeriáveis 2
Dizem que Helder Barbalho (PMDB-PA), após ser derrotado no segundo turno por Jatene, esteve, em companhia do pai, Jader Barbalho, visitando a presidente Dilma quando a mesma tirava férias na Bahia. Depois dessa visita, Helder é cotado para assumir um ministério no governo Dilma em 2015.

Redes Sociais
Objetivando diminuir o grande número de informações que circulam pelas redes sociais e aplicativo WhatsApp sem checagem da fonte, os delegados Marcelo Delgado, superintendente regional de Polícia Civil em Parauapebas, e Thiago Carneiro, diretor da 20ª Seccional Urbana de Polícia Civil, receberam na quarta-feira (19), durante café da manhã, diversos representantes da imprensa local.

Redes Sociais 2
Na oportunidade, os delegados agradeceram o apoio que vêm recebendo da categoria e sugeriram a existência de um único grupo de WhatsApp para compartilhamento das informações referentes às ações da polícia local. Foi criado o grupo “Polícia/Imprensa”, onde além da polícia, profissionais de imprensa e principalmente a população serão os beneficiados com essa parceria, já que as informações chegarão da forma correta a todos.

Quarto encontro do “Dia da Família na Escola” acontece amanhã (22)

Família do ano de 2014 (1)Com o objetivo de promover a interação entre família e escola, com base na troca de experiência, atitudes de solidariedade, companheirismo, respeito e colaboração para o desenvolvimento integral dos alunos, a Prefeitura de Parauapebas, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semed), realizará no próximo sábado (22), em todas as unidades de ensino da rede municipal, o quarto e último encontro do ano letivo do Dia da Família na Escola.

Com determinação de quatro encontros durante cada ano letivo, de acordo com o calendário escolar da rede municipal de ensino, o evento este ano vem abordando o tema “Família e escola, uma parceria que dá certo!”.

No encontro, as escolas oferecem às famílias a oportunidade de conhecerem de perto parte do trabalho pedagógico realizado nas unidades educacionais, como também uma aproximação com os profissionais envolvidos no processo de ensino.

Todas as escolas contam com uma programação diversificada, com direito a apresentações culturais, palestras, exposição de atividades dos alunos realizadas durante o último trimestre, atividades esportivas e brincadeiras.

Fonte: Assessoria de Imprensa Semed

Agenda Pública debate desenvolvimento sustentável nos territórios mineradores

Programação, que fez parte do encerramento da EXPOSIBRAM Amazônia, mostrou a necessidade da mineração incentivar atividades econômicas baseadas em outras cadeias produtivas

De que forma um empreendimento mineral pode gerar desenvolvimento sustentável nas comunidades onde atua? Como deve ser a interação do poder público, empresas e sociedade? E que legado ficará para comunidade no final do ciclo? Esses foram alguns questionamentos que instigaram os participantes do minicurso “Diálogos para o desenvolvimento: experiências e modelos para o desenvolvimento de territórios com mineração”, ministrado nesta quinta-feira (20), último dia da EXPOSIBRAM Amazônia 2014 pelos diretores da OSCIP (Organização da Sociedade Civil de Interesse Público) Agenda Pública, Bruno Gomes e Sérgio Andrade, e pela facilitadora e psicóloga, Ligia Pimenta. 

_MG_8023

Mais do que falar das contribuições, relatando experiências de sucesso, o minicurso veio com a proposta de provocar a curiosidade das pessoas e dos atores do Pará que participaram da EXPOSIBRAM para outros aspectos que parecem mais importantes e que tem o intuito de fazer da mineração um fator de desenvolvimento sustentável em qualquer território, especificamente no Pará que é local com potencial minerador gigantesco. “O minicurso trouxe alguns conceitos e noções, mas também experiências e novas abordagens de como tratar a mineração e pensar de que forma os empreendimentos de mineração podem apoiar e promover o desenvolvimento territorial na questão social, econômica, ambiental e também política, em especial no desenvolvimento de políticas públicas. Essas quatro dimensões são essenciais”, pontuou o sociólogo e diretor da Agenda Pública, Bruno Gomes.

O especialista ressaltou que apesar da mineração não ser uma atividade sustentável todo o tempo, pelo fato de ter reservas limitadas, ela pode promover sustentabilidade e criar condições para implantação de atividades, com crescimento econômico baseado em outras cadeias produtivas, com maior participação da sociedade civil e com politicas e serviços públicos de maior qualidade para a população. “A mineração pode proporcionar isso com o cuidado sempre de que essas ações possam ser apropriadas pelas pessoas que vivem naquele território. Acredito que esse é o fator de sustentabilidade principal”, avaliou.

Cláudia Salles, gerente de Assuntos Ambientais do IBRAM (Instituto Brasileiro de Mineração) acredita que o minicurso na EXPOSIBRAM deu a oportunidade de construir diálogos, colocando numa mesma discussão pessoas que representam o setor da mineração, poder público e sociedade civil para proporcionar a troca de experiências. “A ideia de conseguir construir um diálogo que ensina da temática de mineração é importante para que essa atividade seja um catalisador para o benefício das comunidades. A ideia é entender e construir coletivamente essa possibilidade. Essa temática de território é um assunto que o IBRAM vem tratando em diversos seminários, congressos. Também estamos fortalecendo a parceria com a sociedade civil e transmitindo a informação para os nossos associados da importância de ser transparente e de se construir o diálogo na comunidade onde a atividade mineral está inserida”, destacou.

Eder Rezende, engenheiro de Produção Mecânica da Secretaria de Obras de Parauapebas, participou do minicurso e disse que o encontro mostrou o quanto é importante que prefeituras e mineradoras estejam trabalhando em parceria para o desenvolvimento dos territórios. “É muito importante também que o poder público municipal como um todo esteja envolvido no processo. Foi muito bom ter conferido alguns exemplos que eles implementaram em cidades mineradoras para trazer essa nova visão e gestão e promover formas de diálogos com a população. Com certeza, a nossa visão se amplia e vamos buscar entender como a prefeitura pode atuar de forma institucional e mais eficaz nos programas assistenciais, de saúde e de infraestrutura”, comentou.