CPI dos Grupos de Extermínio, na Assembleia Legislativa do Pará já tem 13 assinaturas

Treze deputados estaduais já assinaram o requerimento de instalação da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) dos Grupos de Extermínio, na Assembleia Legislativa do Pará. O requerimento, de iniciativa do deputado Edmilson Rodrigues (PSOL), tem contado com as adesões somente dos deputados do PT e do PMDB, partidos de oposição ao governo Jatene. Falta apenas uma assinatura para atingir o mínimo de assinaturas determinado pelo regimento interno da Alepa.

A proposta de CPI foi lançada no último dia 11, em atendimento à reivindicação de cerca de 100 entidades do movimento social que cobram a apuração da chacina ocorrida na noite do último dia 4 e madrugada do dia 5, quando 10 pessoas foram executadas em bairros da periferia de Belém. O crime teria sido uma reação ao homicídio do Cabo Antônio Marcos Figueiredo, o “Pet”, da Polícia Militar, suposto integrante de grupo de extermínio, ocorrido no bairro do Guamá.

“Estamos há 15 dias sem uma resposta concreta da investigação policial. A CPI valoriza o trabalho de investigação e ajuda a ouvir outras pessoas. Temos que apurar se estão usando o poder de arma para tirar vidas humanas. Não se pode admitir milícias patrocinadas por comerciantes que pagam por proteção ou a daqueles que disputam áreas do narcotráfico. Mesmo bandido, não se pode matar. Há a justiça para lidar com isso. Mesmo inocentes foram mortos. Não podemos continuar nessa insegurança. Se há policiais matando ou não, precisamos identificá-los”, declarou Edmilson.

Para justificar a CPI, o líder do PSOL na Alepa ressaltou as estatísticas que colocam o Pará como o 7o mais violento do Brasil e a cidade de Belém como a 23a mais violenta do mundo. “É insustentável. O ser humano precisa ser tratado com dignidade.”

Veja quem assinou a CPI: Edmilson Rodrigues, Carlos Bordalo (PT), Airton Faleiro (PT), Valdir Ganzer (PT), Edilson Moura (PT), Milton Zimmer (PT), Zé Maria (PT), Parsifal Pontes (PMDB), Simone Morgado (PMDB), Martinho Carmona (PMDB), Antônio Rocha (PMDB), Josefina Carmo (PMDB) e Chicão (PMDB). Edmilson espera conseguir mais duas assinaturas na semana que vem.

Humberto, da Geoterra, vence eleição para presidente da ACIP

Humberto Araújo - ACIPHumberto de Araújo Costa (foto), do Grupo Geoterra foi eleito ontem para assumir a presidência da Associação Comercial e Industrial de Parauapebas – ACIP –  no biênio 2015/2016. Costa concorreu pela Chapa “Seguir em frente” e recebeu 70 dos 135 votos apurados.

Humberto Araújo Costa tem 55 anos, é natural de Uberaba, Minas Gerais, e há 34 está em Parauapebas.

Outras duas chapas tentaram a presidência. Elas eram encabeçadas por Daniel Lopes e por Melo.

Cerca de 240 dos quase 600 associados a ACIP estavam aptos a votar, já que a maioria estava inadimplente com a entidade.

O Grupo Geoterra  é um conjunto de empresas especializadas em obras, beneficiamento e comércio de brita, transportes e fabricação de concreto em geral aplicáveis às mais diversas obras de engenharia. Sob o nome Geoterra Serviços e Mineração Ltda, a empresa foi fundada em abril de 2002.

Trânsito na BR-155 está interditada devido rompimento de um tubo linear do Rio Sebozinho, em Xinguara

A Rodovia BR 155 está cortada a altura de Xinguara, a 1 quilômetro da cidade, devido ao rompimento do aterro sobre o Córrego Sebozinho, um afluente do Rio Mariazinha.

XINGUARA 1

De acordo com informações, o aterro se rompeu por volta das 3 horas da manhã desta quarta-feira (19/11/14), deixando o tráfego de veículos completamente interrompido. O motivo foi a chuva torrencial que desabou sobre a cidade e região enchendo rios e córregos.

xx3

A força das águas rompeu a tubulação de aço e as cabeceiras de concreto do aterro deixando tudo destruído. A cratera aberta na pista mede em torno de 20 metros de largura, e no local não passa ninguém, nem pedestres conseguem passar de um lado para o outro da estrada. Não há expectativa de quando o local será consertado pelo DNIT.

Fonte : Edmar Brito

.

Vale promove palestra de Maria da Penha sobre violência contra a mulher

Nesta quarta-feira (19), às 10h, na Câmara Municipal de Canaã dos Carajás, será realizada a palestra “Violência Doméstica Contra a Mulher”, ministrada pela líder dos movimentos em defesa da mulher no Brasil, Maria da Penha Maia Fernandes. Maria da Penha, que foi vítima de violência doméstica pelo marido, foi homenageada no nome da lei brasileira que combate o problema e é referência na luta pelos direitos da mulher.

O evento será aberto ao público e faz parte do Programa de Saúde Comunitária da Vale, por meio do Projeto de Educação Sexual e Promoção da Saúde – PESS. A programação contará ainda com a participação da promotora pública de justiça de Canaã dos Carajás, Cristina Morikawa. Ela falará sobre a violência contra a mulher no município, com ênfase nas taxas de agressões e homicídios, e também sobre os procedimentos de atendimento e acolhimento das vítimas na região.

Marabá: Prefeito decreta ponto facultativo para esta sexta-feira

O prefeito João Salame assinou na última terça-feira (17) o decreto que determina Feriado Municipal no próximo dia 20 de novembro para repartições públicas municipais e privadas. O dia é consagrado ao padroeiro da cidade, São Félix de Valois. Assim, não haverá expediente para a maioria dos servidores da administração pública municipal, com exceção dos setores de emergência da Saúde (Hospital Municipal de Marabá, SAMU, Hospital Municipal e Hospital Materno Infantil); área de segurança e vigilância dos prédios e setores públicos; DMTU; limpeza pública; Espaço de Acolhimento Provisório; Casa de Passagem e Guarda Municipal, serviços esses considerados essenciais à comunidade e que não serão paralisados. Além destes, fica de fora dos efeitos do decreto a Secretaria Municipal de Educação (Semed), que obedece a calendário próprio.

Também foi assinado o decreto que determina ponto facultativo no próximo dia 21 de novembro para as repartições públicas municipais. Assim, a sexta-feira terá expediente normal em quase todas as repartições públicas do município, permanecendo como exceções os mesmos setores citados no decreto do Feriado Municipal.

Confira abaixo os decretos na íntegra:

DECRETO Nº 346, DE 17 DE NOVEMBRO DE 2014

O Prefeito Municipal de Marabá, no uso de suas atribuições legais e,

Considerando que o dia 20 de novembro é data consagrada ao Padroeiro do Município, São Félix de Valois, conforme lei Nº 2376 de 1 de Fevereiro de 1982.

Considerando que tradicionalmente nesse dia não há expediente nas repartições públicas e privadas do município de Marabá.

RESOLVE:

  • Art. 1º – Fica decretado ponto facultativo no dia 21 de novembro de 2014 (sexta-feira) para o funcionamento das repartições públicas municipais, o que estará atingindo todos os servidores da área da Administração Pública Municipal; com exceção dos servidores da Educação, que detém calendário próprio; servidores do setor de emergência da Saúde (Zoonozes, Vigilância Epidemiológica Sanitária, Servidores do Hospital Municipal de Marabá – HMM; Servidores do Hospital Materno Infantil – HMI; Servidores do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência – Samu; Unidades de Saúde e Postos de Saúde); Servidores da área de segurança e vigilância dos prédios e setores públicos; Servidores do Departamento de Transporte Urbano – DMTU; Servidores do setor de limpeza pública; Servidores do Espaço de Acolhimento Provisório – EAP, serviços esses considerados essenciais à comunidade.
  • Art. 2º – Este Decreto entrará em vigor na data da sua publicação, revogadas as disposições em contrário.

Gabinete do Prefeito Municipal de Marabá, em 17 de Novembro de 2014.

João Salame Neto
PREFEITO MUNICIPAL

DECRETO Nº 347, DE 17 DE NOVEMBRO DE 2014

O Prefeito Municipal de Marabá, no uso de suas atribuições legais e,

Considerando que o dia 20 de novembro é consagrado ao Padroeiro do Município, São Félix de Valois, conforme lei Nº 2376 de 1 de Fevereiro de 1982.

Considerando que tradicionalmente nesse dia não há expediente nas repartições públicas e privadas do município de Marabá.

RESOLVE:

  • Art. 1º – Fica decretado Feriado Municipal no dia 20 de novembro de 2014 (quinta-feira) para o funcionamento das repartições públicas municipais e privadas, o que estará atingindo todos os servidores da área da Administração Pública Municipal; com exceção dos servidores da Educação, que detém calendário próprio; servidores do setor de emergência da Saúde (Zoonoses, Vigilância Epidemiológica Sanitária, Servidores do Hospital Municipal de Marabá – HMM; Servidores do Hospital Materno Infantil – HMI; Servidores do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência – Samu; Unidades de Saúde e Postos de Saúde); Servidores da área de segurança e vigilância dos prédios e setores públicos; Servidores do Departamento de Transporte Urbano – DMTU; Servidores do setor de limpeza pública; Servidores do Espaço de Acolhimento Provisório – EAP, serviços esses considerados essenciais à comunidade.
  • Art. 2º – Este Decreto entrará em vigor na data da sua publicação, revogadas as disposições em contrário.

Gabinete do Prefeito Municipal de Marabá, em 17 de Novembro de 2014.

João Salame Neto
PREFEITO MUNICIPAL

Receita do Brasil com exportação de minério de ferro tem queda de 15% até outubro. Vendas de Parauapebas foi 6,01% menor em outubro.

O Brasil exportou mais de 280 mil toneladas de minério de ferro de janeiro a outubro deste ano, um aumento de 5,3% em relação as 267 mil toneladas registradas no mesmo período do ano passado. Apesar da alta no volume exportado, a receita com as exportações registraram baixa de 15%, caindo de US$ 26,2 bilhões para US$ 22,2 bilhões.

Pilha de minério de ferro da Vale

Com a queda no valor exportado, a participação do minério de ferro e seus agregados na receita total de exportações do país caiu de 13,12%, de janeiro a outubro de 2013, para 11,59% nos dez primeiros meses de 2014.

Durante o período, a China foi o país que mais importou minério de ferro do Brasil, totalizando US$ 10,5 bilhões, seguida do Japão, com US$ 2,09 bilhões, e Coreia do Sul, com US$ 1,06 bilhão.

Considerando apenas outubro, as exportações brasileiras de minério de ferro somaram US$ 1,8 bilhão, queda de 41,28% em relação aos US$ 3,2 bilhões registrados no mesmo mês do ano passado. A participação da commodity na receita total de exportações brasileiras caiu de 14,1% para 10,3% na comparação ano a ano.

Durante o mês de outubro, os países que mais importaram o minério de ferro brasileiro foram China, Japão e Países Baixos, totalizando US$ 839 milhões, US$ 164,7 milhões e US$ 98,8 milhões, respectivamente.

O volume total de minério de ferro exportado em outubro foi de 31,7 mil toneladas, 2,28% a menos que as 32,5 mil toneladas exportadas no mesmo mês de 2013. Os dados são do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior.

A redução na receita acumulada no país, apesar da alta no volume de minério de ferro exportado, reflete o atual cenário do mercado global da commodity. Os preços caíram mais de 40% este ano e chegaram hoje (18) a US$ 71,80 a tonelada, de acordo com dados compilados pela Metal Bulletin, que considera o minério com 62% Fe, com entrega no porto de Qingdao, na China, no prazo de oito semanas na modalidade CFR.

Parauapebas
Apesar do minério de ferro ser o carro chefe da balança comercial de Parauapebas, o município continua liderando o ranking da balança comercial brasileira. No período compreendido entre os meses de janeiro e outubro de 2014 Parauapebas exportou nada menos que U$$ 6.544.859.112 ( seis bilhões, quinhentos e quarenta e quatro milhões, oitocentos e cinquenta e nove mil e cento e doze dólares), valor que coloca o município como o maior exportador do Brasil em 2014 e o que detém o maior saldo na balança comercial brasileira. Esse valor é 17,21% menor que o exportado no mesmo período de 2013.

A expectativa é que 2014 seja o pior ano desde 2010, quando a Vale majorou o preço do minério de ferro extraído de Carajás em 114% , passando a vender o minério a US$122,00 a tonelada, quando o valor de referência, à época, era de US$57,00.

Visitantes conhecem ações da Prefeitura de Parauapebas na Exposibram 2014

A Exposibram Amazônia 2014, que inclui a realização da Exposição Internacional de Mineração da Amazônia e o 4º Congresso de Mineração da Amazônia, teve início ontem (17), em Belém (PA). Segundo o diretor de Assuntos Ambientais do Ibram, Rinaldo Mancin, serão investidos aproximadamente US$ 53 bilhões em mineração no Brasil nos próximos cinco anos, sendo 56,6%, ou US$ 30 bilhões, no Pará.

Teve início nesta segunda-feira (17), e prossegue até a próxima quinta-feira (20), no Hangar, em Belém, a Exposição Internacional de Mineração da Amazônia 2014 (Exposibram 2014). A feira, que inclui a Exposição Internacional de Mineração da Amazônia e o 4º Congresso de Mineração da Amazônia, pretende apresentar no decorrer destes dias a evolução tecnológica da moderna indústria da mineração, que busca a preservação do meio ambiente, a saúde e a segurança dos trabalhadores.

Exposibram 2014Após a abertura oficial do evento, com a presença de várias outras autoridades, o prefeito Valmir Mariano, acompanhado do secretário municipal de Desenvolvimento, Wander Nepomuceno; e do assessor de Comunicação, Walmor Costa, convidou autoridades e recebeu visitantes pessoalmente no espaço da Prefeitura de Parauapebas instalado no Hangar.

Pela primeira vez, a Prefeitura de Parauapebas apresenta um estande e pretende atrair investidores e firmar novas parcerias. Eduardo Ramos e Luiz Machado, representantes da Norte Soluções Industriais, empresa que fornece tecnologia de engenharia para ser usada em vários segmentos da indústria, são alguns desses novos parceiros.

“A cidade de Parauapebas está localizada de forma estratégica e como polo de mineração é atrativa para nosso ramo de negócios”, explica o engenheiro Luiz Machado. Segundo ele, a empresa já possui um escritório no município e adquiriu um lote, mas já cogita a possibilidade de mudança para o Distrito Industrial. “Depois da conversa que tivemos com os gestores, do apoio que a Prefeitura está dando à indústria, estamos pensando em mudar nosso endereço”.

Entre os mais de 70 expositores, a maioria formada por empresas do ramo da mineração, siderurgia e metalurgia, Parauapebas, como maior município minerador do país, é o único com um estande na Exposibram. No espaço, podem ser vistos, por meio de vídeos, folders e revistas, algumas obras e projetos do governo municipal nos últimos dois anos.

Prefeito e secretários na abertura da exposiçãoOs investimentos nas áreas de infraestrutura, habitação, educação, fornecimento de água e saneamento foram elogiados pelos visitantes. O geólogo Fernando Duarte fez questão de parabenizar a gestão do Governo Valmir Mariano após ver algumas dessas ações. “Usar bem os recursos vindos da mineração é essencial para os gestores preocupados com seu povo. O trabalho social deve ser sempre ressaltado e a Prefeitura de Parauapebas está de parabéns por investir no bem estar de sua população”, afirma o funcionário da Anglo American, empresa britânica do ramo da mineração, uma das maiores do setor e também expositora na feira.

“Usar bem os recursos vindos da mineração é essencial para os gestores preocupados com seu povo. O trabalho social deve ser sempre ressaltado e a Prefeitura de Parauapebas está de parabéns por investir no bem estar de sua população”, afirma o funcionário da Anglo American, empresa britânica do ramo da mineração, uma das maiores do setor e também expositora na feira.

Para o prefeito Valmir Mariano esta é mais uma oportunidade para mostrar que  Parauapebas está preparada para receber grandes empresas. “O empresário que tiver interesse em investir em nossa cidade encontrará infraestrutura adequada e apoio do governo municipal”,  garantiu.

A feira

A Amazônia é uma das regiões com maior potencial mineral do mundo. Confere ao Brasil um dos desafios fundamentais para a nova economia mundial: produzir riquezas aliadas ao uso racional dos recursos disponíveis, respeitando o meio ambiente com responsabilidade e promoção social.

A Exposibram também estimula a aproximação de empresas mineradoras (nacionais e internacionais) com companhias de equipamentos e serviços da região amazônica, com o objetivo de fomentar negócios a curto, médio e longo prazos.

Este ano, profissionais, técnicos e estudantes, do setor público e privado, principalmente da Região Norte do Brasil, estão entre o público-alvo. De acordo com a organização do evento, a expectativa é receber cerca de 10 mil visitantes e aproximadamente mil congressistas na área de 4 mil m2 destinada à montagem dos estandes, durante os 4 dias.

Parauapebas participa da Semana Estadual do Tribunal do Júri do TJPA.

A 3ª Vara Penal da Comarca de Parauapebas está participando da Semana Estadual do Tribunal do Júri, do Tribunal de Justiça do Estado do Pará. Estão agendadas quatro sessões para os dias 18, 19, 20 e 21 de novembro. Hoje, 18, está sendo julgado Carmindo Alves dos Santos. Amanhã, 19, será a vez de Itamar Gomes Cândido. No dia  20 a de Jose Cipriano de Oliveira, e no dia 21 Sebastião Soares da Silva passará pelo Tribunal do Júri.

LibioDesde de que assumiu a 3ª Vara Penal da Comarca de Parauapebas, em abril de 2010, o juiz Líbio Araújo Moura já realizou 19 sessões do Tribunal do Júri, duas delas em 2014.

O Fórum juiz Celio Rodrigues Cal vem passando por reformas em ritmo acelerado visando a instalação das Varas dos Juizados Especiais Cível e Criminal, e da 5ª Vara Criminal da Comarca de Parauapebas. Com as instalações, a Comarca passará a contar com três Varas Criminais (3ª, 5ª e o Juizado), bem como com quatro Varas Cíveis (1ª, 2ª, 4ª e Juizado).

As obras fazem parte do convênio assinado em setembro último entre a presidência do TJPA e a prefeitura de Parauapebas.

Para 2015 existe a previsão de serem instaladas mais duas Varas Cíveis,  uma da Infância e da Juventude e outra de Fazenda Pública. 

Parauapebas sedia última formação do ano letivo das Casas do Aprender

A Prefeitura de Parauapebas, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semed), em parceria com a Fundação Vale, realizou nos últimos dias 11, 12 e 13, na Casa do Aprender, a última formação voltada para os coordenadores e técnicos das Casas do Aprender de Ourilândia do Norte (PA), São Pedro da Água Branca (MA) e a anfitriã Parauapebas.

DSC_0621

Com base no tema Sustentabilidade, a formação vem discutindo durante todos os encontros a organização do Plano de Ação Plurianual (2014/2015); Elaboração do Orçamento para 2015; e Elaboração e Aprimoramento do Guia de Convivência, além da formação do Comitê Gestor, tendo em vista que Parauapebas já realizou dois encontros com o comitê.

A ação vem para aprimorar o que já é desenvolvido pelas Casas do Aprender. Juliana Piauí, formadora do Programa de Educação da Fundação Vale, ressalta o quanto é importante essa formação no município. “Tudo o que desenvolvemos ao longo deste ano é de extrema importância para cada município participante. Além de termos conseguido consolidar com muito esforço um plano de ação plurianual, conseguimos constituir também um comitê gestor, e isso é muito gratificante”, relata a formadora.

Para Maria Vânia de Lima, coordenadora da Casa do Aprender de Parauapebas, a formação só veio contribuir ainda mais com as ações desenvolvidas pela casa, além de aumentar a credibilidade repassada para os pais das crianças que frequentam a unidade educativa. “Nossa casa está a cada dia que passa crescendo mais. Temos crianças de todos os bairros, inclusive do Cidade Jardim, que não medem esforços para estarem aqui. Ficamos muito felizes em saber que o trabalho que está sendo desenvolvido é reconhecido pela comunidade”, declarou.

Sarau Cultural

Dentro da formação, os coordenadores e técnicos das Casas do Aprender organizaram na última quarta-feira (12) o Sarau Cultural voltado para a comunidade. Nele foi realizado a contação de histórias no momento literário, feito pela pedagoga da Controladoria de Treinamentos e Recursos Humanos (CTRH), Teca Saçço.

Momento Literário realizado pela pedagoga Teca Saçço.

A mãe do pequeno Matheus Salazar, dona Fabiana Salazar Pereira, declarou que depois que seu filho começou a frequentar a Casa do Aprender ele vem se dedicando ainda mais na escola e adora ler livros. “Já pude ver a mudança feita na vida do meu filho, depois que ele começou a frequentar a Casa do Aprender. Ele mudou completamente. Matheus era um menino tolo, que chorava para não ir à escola. Hoje ele é super-interessado nas tarefas da escola, adora estudar e ama ler livros. Sempre que ele vai à Casa volta cada vez melhor. Estou muito feliz com o desenvolvimento do meu filho”, declara a mãe.

Na oportunidade, o secretário adjunto de Educação, Rui Santos de Amorim, destacou o quanto o governo municipal tem buscado qualidade para aplicar no ensino público do município. “Estamos buscando a cada dia condições para que nosso aluno tenha acesso ao conhecimento, e isso faz com que nós educadores nos sintamos felizes. Estamos todos juntos nesse processo, para fazer com que o aluno tenha mais acesso à leitura e às novas tecnologias, e a Casa do Aprender é esse espaço acolhedor para esses alunos”.

Texto e Fotos: Luzandra Vilhena- Ascom/Semed

 

MPPA discute segurança no Estádio do Mangueirão

MangueiraoO Ministério Público do Estado do Pará (MPPA), por meio dos promotores Domingos Sávio e Nilton Gurjão, promoverá uma reunião para tratar da segurança no Estádio do Mangueirão em virtude dos próximos jogos que ocorrerão no local – Goiás x Corinthians (quarta, 19) pelo Campeonato Brasileiro da Série A e Paysandu x Macaé (sábado, 22) pela final do Campeonato Brasileiro da Série C.

A reunião está marcada para hoje (17), às 14h30, no Auditório da Promotoria de Justiça de Infância e Juventude (Rua Ângelo Custódio, entre Joaquim Távora e João Diogo) e contará com a presença da Polícia Civil, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Detran, Defesa Civil, Seel, entre outros.