Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Esporte

Tapajós vence o São Francisco e larga na frente pelo título da Segundinha do Parazão

O volante Paulinho Curuá marcou o gol da vitória deixando o Boto a um empate do título

Após uma longa espera para a final da Segundinha do Parazão, devido ao imbróglio envolvendo os recursos de Tuna Luso e Desportiva, que alegaram irregularidades das equipes do Tapajós e Paraense e negada as denúncias pelo TJD-PA (Tribunal de Justiça Desportiva do Pará), a bola rolou finalmente na noite deste domingo (02), para o 1° jogo da decisão entre Tapajós e São Francisco, no Estádio Jader Barbalho, o Barbalhão, em Santarém.

A partida foi bastante equilibrada entres os santarenos. Mas quem se deu bem foi o time do Tapajós, que venceu, por 1 a 0, e agora leva a vantagem do empate para o jogo de volta. O gol único da partida foi assinalado ainda no primeiro tempo. Após cobrança de escanteio, Paulinho Curuá subiu de cabeça e balançou as redes do goleiro Labilá, aos 15 minutos, para a festa da torcida do Boto.

O jogo: Boto 1 x 0 Leão – primeira partida da final!

No 1° tempo, o Tapajós começou melhor e em uma falta cobrada por Amaral, o goleiro Labilá afastou o perigo. No lance seguinte, a falta foi para o São Francisco e quem apareceu bem desta vez, foi o goleiro Jader. O meia Léo Feitosa disparou de longe para o Boto, mas a bola não assustou Labilá. O Tapajós abriu o placar após cobrança de escanteio, o volante Paulinho Curuá subiu mais alto e cabeceou para o fundo do gol, sem chances para o goleiro Labilá, aos 15 minutos de jogo.

O Boto era melhor em campo e em uma descida de Léo Feitosa, o meia chutou cruzado e ninguém apareceu para completar. O Leão respondeu com o lateral-direito Tiningu, que cruzou para Elielton desviar e o goleiro Jader defender. A jogada se repetiu, Tiningu tocou para Elielton, que se livrou da marcação e chutou para a defesa de Jader. O Tapajós voltou a atacar e Felipinho arriscou de longe, a bola passou muito perto da meta de Labilá.

Veja também:  Jânio Balzac Pereira será o representante de Parauapebas como árbitro central no Parazão

A bola parada começou a virar a arma do Boto. Em uma cobrança de escanteio de Léo Santarém, o zagueiro Thiago Costa subiu de cabeça e mandou pela linha de fundo. Foi o que de melhor aconteceu no primeiro tempo. Na etapa complementar, o São Francisco começou disposto a empatar a partida. Wendel cobrou escanteio venenoso e o goleiro Jader teve que se virar cedendo outro escanteio. O mesmo Wendel cobrou novamente e Jader afastou o perigo.

O time do Leão continuou em cima do Boto. O zagueiro Douglas subiu ao ataque e disparou, a bola foi para fora. Depois do lance, a partida ficou muito truncada e com muitas faltas. O São Francisco tentava chegar de qualquer maneira, mas sem sucesso. Em uma bola na área, Luan tentou marcar de cabeça, mas Jader fez a defesa. O Tapajós só administrou a vantagem até o apito final.

A partida de volta entre São Francisco e Tapajós está marcada para a próxima quarta-feira (5), às 20h, no Estádio Jader Barbalho, o Barbalhão. O Boto joga pelo empate para ser o campeão da Segundinha do Parazão, enquanto que o Leão terá que vencer por um gol para levar a decisão para os pênaltis, ou dois gols em diante para ficar com o título.

Por Fábio Relvas / Fotos: Gustavo Campos

Deixe uma resposta