Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Redenção

Redenção terá faculdade privada de Medicina e Engenharia Civil

Desde 2004 a instituição tentava trazer esses dois importantes cursos para o sul do Pará. Agora, finalmente, após preencher todos os requisitos exigidos pelo Ministério da Educação, projeto foi concretizado

Aconteceu na tarde de ontem, terça-feira (2), no auditório da Fesar (Faculdade de Ensino Superior da Amazônia Reunida), o lançamento dos cursos de Medicina e Engenharia Civil em Redenção. Na ocasião, Celso Silveira Mello Filho, presidente da mantenedora local da Fesar, recebeu prefeito, secretários municipais, diretores de hospitais, médicos, enfermeiros e jornalistas para transmitir a boa notícia. Falou das dificuldades encontradas para trazer o curso para o sul do Pará, mas disse estar feliz por instalar dois cursos de grande responsabilidade na região.

“Fomos aprovados pelo Ministério da Educação com nota 5. Quero dizer, que para trazer os cursos de Medicina e Engenharia Civil não tivemos influência política. Sabemos que não foi fácil, foi sofrido, muita luta, fé e dedicação e, contudo, conseguimos trazer esses cursos que vão fazer crescer a nossa região”, destacou.

O prefeito Carlo Iavé Furtado de Araújo ressaltou da importância dos cursos apresentados pela instituição. “Fico feliz, pela faculdade apresentar dois cursos de tamanha importância para nossa cidade. Quero dizer que os hospitais e postos de saúde estão à disposição, Redenção só tem a ganhar”, afirmou o gestor municipal.

Veja também:  Quinteto de escola de Marabá é condenado por desvio de merenda escolar

De acordo com a coordenação da Fesar, as inscrições para vestibular serão abertas a partir deste mês, no site da instituição, serão 120 vagas. O Início das primeiras turmas está marcado para dezembro deste ano.

Maria Josilene Fontenelle Rocha, diretora acadêmica da Fesar, disse que ficou feliz e falou do árduo trabalho que vem pela frente. “Estamos todos felizes por está conquista. Estamos lutando desde 2004 e somente agora conseguimos trazer o curso de Medicina para Redenção. É claro que teremos um grande desafio aí pela frente, nós queremos formar bons profissionais”, disse ela.

Os laboratórios da Faculdade Fesar, de Medicina e Engenharia, são de última geração. No de Medicina alunos terá contato com bonecos robóticos que imitam a realidade. A faculdade está dotada de aparelhos que custarem mais de meio milhão de reais.

Deixe uma resposta