Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Redenção

Populares impedem empresa de realizar obras em avenida de Redenção

Moradores queriam que toda a via fosse recuperada, mas a empreiteira deve recapear só a parte pavimentada por ela, cujo serviço apresentou falhas

Cerca de 20 pessoas impediram, na manhã de ontem, terça-feira (6), maquinas da empresa Terra Santa de continuarem com os serviços de recuperação do asfalto em trechos da Avenida Robson Gurjão, no Setor Bela Vista. De acordo com moradores, a empresa demarcou uma extensão de 120 metros para realizar a recuperação, mas eles querem que toda a parte danificada do asfalto seja recuperada.

Marcio Ferreira, um dos manifestantes, disse à Reportagem do Blog que o asfalto foi feito em julho de 2016 pela mesma empresa, a Terra Santa e, em dezembro do mesmo ano, já estava todo danificado. “Aqui, quando chove, fica tudo alagado. Eles fizeram o asfalto de forma errada, aqui virou um esgoto, tudo que vem ficam parado exatamente aqui. O prefeito disse que antes de fazer o asfalto iria construir um bueiro para o escoamento da água, as não o fez”, desabafou.

Toda a confusão começou exatamente às 7h, quando os operadores das máquinas que iriam trabalhar no local começaram a retirar toda a camada de asfalto danificado, para refazer os serviços de terraplanagem. Um morador, então, questionou o operário sobre se o serviço seria feito até o final do asfalto, ao que o operador respondeu negativamente e foi coagido a parar o serviço.

“Após a notícia, pedimos que os motoristas parassem e eles pararam. Em seguida, disseram que o secretário de Obras estava chegando, esperamos mais de uma hora e meia e nada do secretario chegar. Daí o motorista recebeu uma ligação e todos foram embora com as maquinas”, contou Eduardo Antônio, também morador da via.

Deilton Galdino, que também mora na Avenida Robson Gurjão, disse que a população vem “sofrendo com esse descaso, desde dezembro de 2016”. “Estamos cansados de cobrar. Na época a ex-secretária Maria Cristina disse que não poderia fazer nada, pois já tinha pagado toda a obra à empresa responsável. Porém, ela iria denunciar ao Ministério Público para que o órgão tomasse alguma providencia”, contou ele.

De acordo com os moradores, desde janeiro de 2017 a população vem cobrando e até mesmo protocolando na Secretaria de Obras solicitando os reparos, mas nunca foram atendidos.

Outro lado

O Blog procurou o secretário de Obras, Dorvalino Rocha da Silva, o qual explicou que a Terra Santa faria os reparos somente na parte onde o serviço foi feito pela empresa e que havia ficado com falhas, tanto na Avenida Robson Gurjão quanto na Avenida Dr. Paulo Quartim Barbosa, uma vez que já havia sido notificada a refazer o serviço.

“Fizemos notificação à empresa e, quando eles chegaram, na manhã de hoje para executar as obras, foram barrados pelos moradores”, disse o secretário. Segundo ele, diante da situação, o maquinário foi deslocado para a outra avenida que receberia os serviços de recuperação. Assim, só depois disso o recapeamento da Avenida Robson Gurjão será retomado.

Deixe uma resposta