Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Marabá

PF prende dois em Marabá por fraude contra o Seguro Desemprego

Os acusados utilizavam uma placa de computador que pertencia ao Sine de Parauapebas e que já foi empregada em mais de mil fraudes, causando um prejuízo de R$ 3 milhões aos cofres públicos

A Polícia Federal deflagrou, hoje (05), a Operação Fraude Machine, com o objetivo de desarticular associação criminosa especializada na prática de fraudes ao benefício do Seguro Desemprego. Uma equipe da polícia federal cumpriu um mandado de busca e apreensão, na cidade de Marabá.

No momento do cumprimento da medida judicial duas pessoas foram presas em flagrante realizando a inserção fraudulenta de dados no sistema de concessão de seguro desemprego do Ministério do Trabalho e Emprego. Os presos utilizavam uma placa de computador que já realizou mais de mil fraudes nos últimos meses para fraudar o sistema. O prejuízo inicial apurado é de cerca de 3 milhões de reais aos cofres públicos.

A placa, neste caso, pertencia originariamente ao Sine Casa do Trabalhador de Parauapebas, mas foi levada pelos fraudadores para um endereço residencial de Marabá, onde a busca foi cumprida. As investigações tentam levantar se houve participação de algum servidor daquela unidade no sumiço da placa.

Veja também:  Árabe preso pela PF na operação do manganês não consegue liberdade provisória

Além do computador e da placa utilizada na fraude, foram apreendidos celulares, uma arma de fogo e munições, dinheiro em espécie e um veículo. Todo o material foi encaminhado para a delegacia de Polícia Federal em Marabá para as providências de polícia judiciária cabíveis. O nome da operação “Fraude Machine” é uma alusão à máquina usada para fazer fraudes.

Fonte e Imagens: Ascom PF

Deixe uma resposta