Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Esportes

Paysandu perde para o Fortaleza na Arena Castelão

O Papão terá que vencer quatro jogos e empatar um, dos seis que restam para não ser rebaixado

A rotina de derrotas do Paysandu Sport Club segue na disputa do Campeonato Brasileiro da Série B. Atuando diante do Fortaleza-CE, na noite deste sábado (20), na Arena Castelão, em Fortaleza, o Papão não resistiu a pressão do líder da competição e perdeu por 1 a 0. A partida foi válida pela 32ª rodada.

A derrota foi com requintes de crueldade, depois de acertar a trave do adversário, o time bicolor acabou levando um gol aos 48 minutos do 2° tempo, do artilheiro da equipe cearense, o atacante Gustavo Henrique, o Gustagol, que assinalou de cabeça.

A derrota deixou o Paysandu em uma situação crítica na classificação da Série B. O time do Papão da Curuzu, segue na zona de rebaixamento e ocupa a 18ª colocação com apenas 32 pontos. Já o Fortaleza ficou bem próximo do acesso e segue na liderança isolada da competição somando 60 pontos.

O Paysandu volta a campo diante do Coritiba-PR, no próximo sábado (27), às 18h30, no Estádio Leônidas Sodré de Castro, a Curuzu, em Belém. A partida será válida pela 33ª rodada da Série B. Segundo os matemáticos de plantão, para escapar de vez do rebaixamento, o time tem que alcançar os 45 pontos. Sendo assim, dos seis jogos que restam ao Papão, a equipe paraense terá que vencer quatro e empatar um para escapar.

O jogo: Leão do Pici 1 x 0 Papão da Curuzu!

O Paysandu não se intimidou com a Arena Castelão lotada e chegou pela primeira vez com o meia Thomaz, que aproveitou um vacilo de Tinga e arriscou de fora da área, a bola foi para fora. Na jogada seguinte, o Papão teve tudo para abrir o marcador, quando Guilherme Santos deu passe para o atacante Hugo Almeida, que conseguiu passar pelo goleiro Marcelo Boeck, mas ficou sem ângulo e perdeu a chance.

O Fortaleza resolveu reagir e Felipe mandou um chutaço de fora da área, o goleiro Renan Rocha defendeu para o time paraense. Outra vez o Leão do Pici chegou depois que Nenê Bonilha deu belo lançamento para o lateral-direito Tinga, que se livrou de dois marcadores e arriscou, mas mandou longe da meta bicolor. O time da casa começou a gostar do jogo. O atacante Marlon se livrou da marcação e cruzou de calcanhar, Marcinho não conseguiu alcançar a bola e a zaga do Papão aliviou o perigo.

No último lance do primeiro tempo, o Leão do Pici quase abriu o placar. Após cobrança de escanteio, o atacante Gustavo Henrique subiu firme de cabeça e a bola explodiu na trave. Na etapa final, o Paysandu começou assustando depois que Willyam experimentou de fora área, o goleiro Marcelo Boeck fez a defesa e a zaga afastou o perigo. No lance seguinte, Hugo Almeida se livrou do zagueiro Ligger e disparou para a grande defesa de Marcelo Boeck, que salvou o Fortaleza.

Após o bom inicio do Papão, o Leão do Pici voltou a sair mais para o jogo. O lateral-esquerdo Bruno Melo tentou resolver sozinho e disparou um chute de longe sem perigo a meta de Renan Rocha. Marcinho arrancou bem pelo meio e tocou para Gustavo Henrique, que disparou e a bola explodiu na marcação do time bicolor e foi para escanteio. Blitz total do Fortaleza, Tinga cruzou da direita, Dodô tentou emendar de bicicleta, mas errou, Marcinho também tentou chegar e não alcançou a bola, que ficou com Nenê Bonilha disparar para fora.

Veja também:  Paysandu empata com o Vila Nova no Serra Dourada e segue sem vencer há oito jogos

A torcida do tricolor começou a ficar impaciente. Nenê Bonilha cruzou na segunda trave, mas o atacante Marcinho não conseguiu cabecear e bola foi para fora. Tinga tocou para o atacante Romarinho que disparou para fora e perdeu outro gol para o time da casa. O meia Thomaz do Paysandu cruzou na área e a zaga do Fortaleza cortou. Outra vez o Leão do Pici chegou com muito perigo, quando Romarinho pegou uma sobra e mandou um chutaço para fora.

Os atacantes do tricolor estavam dando muito trabalho para a zaga bicolor. Em uma investida de Romarinho, o atacante tocou bem para Gustavo Henrique que chutou e parou na grande defesa do goleiro Renan Rocha. O Fortaleza queria marcar a qualquer custo e o volante Nenê Bonilha resolveu arriscar e mandou longe da meta da equipe de Belém. Em uma boa triangulação da equipe da casa, Felipe tocou para Wilson que descobriu bem Marcinho livre, mas o chute saiu forte e passou longe.

Em uma falta cobrada por Dodô, a bola passou de todo mundo e o Fortaleza perdeu mais uma boa chance de inaugurar o placar. O atacante Romarinho se chocou com Marcos Júnior e levou a pior e acabou saindo de ambulância da Arena Castelão. O jogador saiu aplaudido pelo torcedor e Leonan entrou em seu lugar. O jogo ficou bastante tempo parado e o árbitro Héber Roberto Lopes, de Santa Catarina, acrescentou 9 minutos.

O tempo foi suficiente para Marcos Júnior do Papão acertar um chute na trave. De tanto insistir, o Fortaleza chegou ao seu gol. Wilson desceu pela direita e cruzou para o atacante Gustavo Henrique, o Gustagol, cabecear firme e estufar as redes do goleiro Renan Rocha, aos 48 minutos, 1 a 0 Leão do Pici, para a explosão da Arena Castelão. O Paysandu foi para o tudo ou nada. Claudinho recebeu na área e acertou a trave de Marcelo Boeck. Na lance seguinte, Hugo Almeida chutou e parou na grande defesa de Marcelo Boeck. Placar final: Fortaleza 1 x 0 Paysandu.

FICHA TÉCNICA

FORTALEZA: Marcelo Boeck; Tinga, Ligger, Diego Jussani (Wilson) e Bruno Melo; Nenê Bonilha, Felipe e Dodô; Marcinho, Gustavo Henrique e Marlon (Romarinho) (Leonan). Técnico: Rogério Ceni

PAYSANDU: Renan Rocha; Maicon Silva, Diego Ivo, Fernando Timbó e Guilherme Santos; Renato Augusto, Willyam (Marcos Júnior), Felipe Guedes (Matheus Silva) e Thomaz; Mike (Claudinho) e Hugo Almeida. Técnico: João Brigatti

Árbitro: Héber Roberto Lopes (SC)

Assistentes: Henrique Neu Ribeiro (SC) e Eder Alexandre (SC)

Cartões amarelos: Marlon e Romarinho (Fortaleza); Diego Ivo e Fernando Timbó (Paysandu)

Gol: Gustavo Henrique, de cabeça, aos 48 minutos do 2° tempo para o Fortaleza

Local: Arena Castelão, em Fortaleza (CE)

Público: 57.223

Renda: R$ 1.292.382,00

Por Fábio Relvas
Foto: Divulgação / Fortaleza

Deixe uma resposta