Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Esporte

Parauapebas foi a capital do handebol sediando as finais do Campeonato Paraense

Paysandu foi o campeão no feminino e o Carajás conquistou o bicampeonato no masculino

A cidade de Parauapebas, sudeste do Pará, respirou e se tornou a capital do handebol durante quatro dias. É que de 29 de novembro a 2 de dezembro, aconteceram as partidas finais do Campeonato Paraense de Handebol das categorias juvenil e adulta, no masculino e feminino. As decisões foram realizadas durante todo o dia deste domingo (2), no Ginásio Poliesportivo, do bairro Beira Rio.

O público compareceu em grande número ao ginásio, principalmente para conferir as finais da categoria adulta. As primeiras equipes que entraram em quadra pela categoria foram os times do Paysandu, da capital Belém, e RHC, que representou o município de Rondon do Pará, valendo pela final do feminino. A partida foi acirrada do início ao fim, mas o Papão conseguiu superar as adversárias, por 25 a 24, e conquistou seu 11° título paraense com muita festa bicolor.

“A gente cumpriu um dever, um objetivo que nós estávamos tendo e traçando de ser campeão do Campeonato Paraense de Handebol. Durante o ano, a gente se preparou para chegar até aqui em Parauapebas e levar o troféu e medalha de primeiro lugar e conquistando esse título de campeão paraense pela 11ª vez para o Paysandu Sport Club”, disse Joice Fiel, atleta do Paysandu.

Depois das meninas foi a vez do adulto masculino entrar em quadra para explosão dos torcedores nas arquibancadas. O time da casa, o Carajás Handebol, encarou a equipe do Tupã, de Santarém. Com apoio da torcida, que estava bem caracterizada com os kits da equipe, que foram entregues, contendo camiseta e o chamado bate-bate, o Carajás foi para cima do adversário e conseguiu a vitória, por 31 a 22, conquistando o bicampeonato do paraense de handebol. Festa do time chamado, a Fera do Norte, na quadra do Ginásio Poliesportivo.

“É muito gratificante, nós estávamos ansiosos para o início da competição e estrear aqui em Parauapebas no novo piso do Ginásio Poliesportivo. Queremos agradecer a Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (SEMEL) e a prefeitura pelo apoio de proporcionar esse grande evento aqui na cidade, que foi a capital do handebol por esses quarto dias. A jaula, como batizamos o ginásio, ficou pronta e nós conquistamos o bicampeonato paraense,” afirmou  Roger Moura, presidente do Carajás Handebol.

As finais do Campeonato Paraense foram realizadas pela Federação Paraense de Handebol (FHEPA), em parceira com a Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (SEMEL), que deu total apoio aos times que participaram do evento. Ao todo, a cidade de Parauapebas recebeu delegações de vários municípios do estado, contando com 24 clubes divididos entre 45 equipes no masculino e feminino, nas categorias juvenil e adulta.

“É uma realização profissional e uma satisfação muito grande e um orgulho, para a gente que milita no esporte e especificamente no handebol, conseguir fazer uma festa dessa magnitude, dessa envergadura, com 24 clubes de 29 municípios do estado do Pará. Excepcionalmente o Campeonato Paraense começou em agosto, onde nós fizemos a premiação das finais das categorias infantil e júnior, e aqui em Parauapebas, fizemos as premiações com as competições das categorias: juvenil e adulto. Todos os atletas receberam medalhas, as agremiações receberam troféus e a gente recebe o carinho de todos”, falou Karlo Saçço, presidente da Federação Paraense de Handebol (Fhepa).

Além dos títulos do Paysandu Sport Club, no adulto feminino, e do Carajás Handebol, no adulto masculino, a AABB de Belém, venceu o RHC Rondon, por 27 a 15, pelo juvenil masculino, e Salinas derrotou a Esmac, por 28 a 17, pelo juvenil feminino.  Foram 76 jogos durante os quatro dias de competição, que contou com 600 atletas que participaram efetivamente das partidas finais do paraense.

“É importante essa competição de handebol dentro do município, que vem enaltecer e engrandecer ainda mais o nosso esporte, da nossa cidade de Parauapebas, mas também a do estado do Pará. Fomos glorificados dessa grande competição que foi o Campeonato Paraense e graças a Deus conseguimos corresponder às expectativas de todos os envolvidos”, finalizou Laoreci Diniz, secretário de esporte e lazer.

Por Fábio Relvas

Deixe uma resposta