Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Queimadas

Pará pega fogo e é número 1 do país entre janeiro e novembro

Dos dez municípios com mais focos de calor no Brasil, cinco são paraenses. Altamira, maior município do continente, ocupa 3º lugar nacional em lista que tem também São Félix do Xingu, o “rei do gado”.

Nem mesmo as chuvas de começo de inverno foram suficientes para deter os 6,2 mil focos de calor registrados em novembro no Pará, que é líder absoluto em queimadas, segundo dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe). O estado é também o campeão nacional, com 21.099 focos registrados entre 1º de janeiro e ontem, dia 2 de dezembro.

A diferença do Pará, que também é o município mais desmatado da Amazônia, para o segundo colocado, Mato Grosso, é de cerca de 3.500 focos. E em relação ao Amazonas, que tem extensão territorial maior que a paraense, é de aproximadamente 10 mil. Este ano, o Pará já apresentou mais queimadas que a Colômbia inteira (18.027 focos), país que tem área relativamente próxima à extensão do estado.

Dos dez municípios que mais pegaram fogo ao longo de 2018, cinco são paraenses. Altamira ocupa terceiro lugar nacional, com 1.781 focos, seguido por São Félix do Xingu, com 1.409; Novo Progresso, com 1.318; Pacajá, com 1.129; e Portel, com 973. Nas últimas semanas, no entanto, dos dez municípios mais assolados com queimadas no Brasil, seis são cearenses, um é paraibano, um é piauiense e um é maranhense.

Veja também:  Relatório aponta falhas e possíveis crimes no vazamento de rejeitos minerais em Barcarena

Devido à intensificação das chuvas, as queimadas cessaram no Pará. Ainda assim, nas últimas 48 horas foram registrados 12 pontos de calor, bem menos que os 414 de dezembro inteiro de 2017 ou os 876 de dezembro de 2015.

 

Seja o primeiro a escrever um comentário

  1. E o governador e seu secretário de meio ambiente, querendo desmentir essas estatisticas de desmatamento em nosso Estado.
    Cadeia no secretário e no governador.

Deixe uma resposta