Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Parauapebas

Operação “Fechando o Cerco” inibe o crime na região do 23º BPM

Prisões, detenções e apreensões ocorreram durante a operação, que durou três dias

A Operação “Fechando o Cerco” realizada pela Polícia Militar em parceria com a Polícia Civil, Departamento Municipal de Trânsito e Transporte – DMTT – e Corpo de Bombeiros Militar, nas cidades sob a jurisdição do 23º BPM – Batalhão da Polícia Militar -, neste final de semana, foi coroada de êxito, tendo resultado apreensões, detenções e prisões de diversos indivíduos suspeitos ou já denunciados à Justiça pelo cometimento de algum crime.

A ação iniciou na sexta-feira (16), às 21 horas, sob o comando do tenente-coronel Wilson Moura, comandante do 23º BPM, se estendendo até as 3 horas da madrugada de sábado (17), com um saldo de cinco pessoas apresentadas na 20ª Seccional de Polícia Civil, abordadas no Bairro Vila Nova, os quais portavam certa quantidade de maconha.

Foram lavrados 14 autos de infração de trânsito e cinco proprietários de bar foram notificados pelo Corpo de Bombeiros Militar, por terem sido detectadas várias irregularidades nos estabelecimentos.

A operação, entretanto, não parou por aí, foi retomada às 21 horas de sábado, seguindo até as 3 horas de domingo, ocorrendo simultaneamente em Parauapebas, Curionópolis, Canaã dos Carajás e Eldorado do Carajás. Neste último foram registradas as seguintes ocorrências:  um flagrante de tráfico de entorpecentes, (crack e maconha), um flagrante de porte ilegal de arma fogo (espingarda calibre 30), um flagrante de receptação, um flagrante de alcoolemia, uma motocicleta apreendida com registro de roubo e 14 motocicletas apreendidas e levadas à Delegacia de Polícia Civil de local, onde também foram apresentadas para averiguação 66 pessoas com atitude suspeita. Também em Eldorado do Carajás, 12 bares foram fechados por não possuírem alvará de funcionamento.

Veja também:  Bando que atacou fazenda em Goianésia está preso

Domingo (18), a Operação se repetiu em Parauapebas, das 18 horas às 23h30, sob o comando do capitão Eder, com o seguinte resultado: um flagrante de porte ilegal de arma fogo (espingarda calibre 28), três prisões em flagrante por furto, um flagrante de alcoolemia, duas motocicletas levadas para a 20ª Seccional de Polícia Civil, sete bares fechados sem alvará de funcionamento e dois proprietários de bar notificados pelo Corpo de Bombeiros Militar por irregularidades no quesito de segurança.

Deixe uma resposta