Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
opinião

O que o eleitor mostrou nas urnas a Darci no primeiro turno em Parauapebas?

A análise fria do resultado das urnas no primeiro turno em Parauapebas aponta para um fracasso do prefeito, mas isso pode ser bom para o município.

O sucesso ou fracasso em uma eleição depende de vários fatores. Em primeiro lugar deve-se ter um bom candidato, com um bom discurso, que este seja conhecido e que tenha um grupo bem equilibrado e heterogêneo, e que abranja todos os setores da sociedade. Isto posto, deve-se correr atrás de apoio financeiro, dos cabos eleitorais – aqueles “caciques” que acreditam ter o domínio sobre a decisão de votar de outras pessoas -. O sucesso do candidato ratificará o poder de persuasão desses cabos eleitorais, cacifando-os à serem cortejados na eleição seguinte.

Mas uma eleição pode ser muito dura para alguns que dela participam, até mesmo quando vencida. Foi o que aconteceu em Parauapebas no último domingo. O prefeito Darci Lermen, principal cabo eleitoral do candidato a governador Helder Barbalho, não ficou satisfeito com o resultado apresentado nas urnas. Principal articulista da campanha na região, Darci colocou seu secretariado nas ruas em apoio a Helder, Jader (senador) Priante (deputado federal) e Chamonzinho (deputado estadual). Todos eles foram vitoriosos, porém, a expectativa criada em cima do apoio do prefeito Darci foi aquém do que as urnas disseram. Helder teve votação inferior à apresentada na última eleição e os outros candidatos foram todos derrotados por protagonistas locais.

Mas onde o prefeito Darci errou para que o resultado fosse frustante, a ponto dele ser chamado às pressas até Belém para uma reunião com o staff da campanha de Helder?

Darci foi eleito sob a égide da “oportunidade” que criaria aos eleitores parauapebenses. Com quase dois anos de mandato, oportunizou poucas alternativas para que a população pudesse mudar de vida. No período eleitoral esteve envolto com uma greve branca da classe dos professores, foi pressionado por diversas categorias que lhe cobraram oportunidade e pouco fez nesse período que mereça ser citado como obra ou ação para melhorar a vida do eleitor. Em síntese, o prefeito ainda não disse a que veio e isso reverberou nas urnas e deixou em alerta a coordenação da campanha de Helder Barbalho.

Veja também:  Amazônia TV inova no mercado da comunicação com mais um canal de TV em Parauapebas

Se o primeiro turno da eleição no Pará deixou uma nódoa na carreira política de Darci, também deve ter servido para uma análise profunda da atual conjuntura do seu governo. Normalmente, passado o período eleitoral, se faz necessário mudar o time, escalar pessoas mais comprometidas, livrando-se daquelas que até agora ocuparam cargos simplesmente em virtude do apoio que deram na eleição municipal. Restam dois anos para que as oportunidades apareçam e dificilmente elas virão com o atual time de Darci. É hora de sacudir a poeira e mostrar a capacidade de gerir um município rico financeiramente, mas que ainda patina feio para resolver problemas básicos nas áreas da saúde e da educação, entre outras coisas..

Darci é um político populista, loquaz, e de um carisma invejável. Sabe como poucos conversar com seu povo e mantê-lo sob sua batuta. O resultado das urnas mostrou que esse povo pode ser taciturno, paciente, mas está de olho na administração e não a perdoará em 2020, quando certamento Darci buscará a reeleição. O eleitor mostrou seu cartão de visitas, é do gestor a vez de mexer a pedra desse tabuleiro político cujo objetivo é 2020 e mudar o rumo dessa prosa.

Comentários ( 6 )

  1. Cabe salientar que a dois anos do proximo pleito ainda não temos uma terceira via, e uma polarização que se aproxima entre Darci e Valmir é mais do mesmo.

  2. pena que em pleno seculo 20, ainda existem pessoas que não sabem votar, e se vendem por uma sexta basica, acho que e a nessecidade, ou a fome, e os corruptos a proveitam- se da oportunidade, esse DARCY era pra ta preso, e se o eleitor tivesse vergonha na cara, não teria elegido nemhum desses vermes.

Deixe uma resposta