Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Parauapebas

Mês do Idoso tem extensa programação em Parauapebas

Esta semana a prioridade nas UBS é atender aos idosos com aferição de glicose, pressão arterial e outras prevenções, além de palestras de prevenção de acidentes domésticos

No dia 1º de outubro comemora-se o Dia do Idoso, pessoa que possui idade igual ou superior a 60 anos. Essa data, que marca o dia em que a Lei N°10.741 (Estatuto do Idoso) entrou em vigor, é fundamental para reforçar a importância da proteção a esse público e para reavaliarmos nossa atitude com relação aos idosos. “Nosso propósito este ano é fazer uma campanha de respeito às pessoas idosas, dado ao longo caminho que ela já percorre, representando mais da metade de sua vida, por meio de trabalho feito em parceria com as secretarias de Saúde, Assistência Social e alguns outros parceiros”, contou Nélio Mol, presidente do Conselho Municipal da Pessoa Idosa.

Ele detalha que não é apenas o Dia do Idoso que teve atenção destacada em Parauapebas, pois, todo o mês de outubro será cheio de atividades alusivas ao apoio aos idosos. Esta semana a prioridade nas Unidades Básicas de Saúde é atender os idosos com aferição de glicose, pressão arterial e outras prevenções, além de palestras de prevenção de acidentes domésticos.

Na segunda semana de outubro, o Senac – Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial -, estará ministrando Oficina de Inclusão Digital para idosos; na terceira semana, do dia 16 ao dia 19, será feita a emissão do Cartão Estacionamento para os idosos; no dia 23, no IFPA – Instituto Federal do Pará -, haverá seminário para tratar dos Direitos e Intersetoriedades do cuidado com o idoso com serviços de saúde, assistência social e jurídico.

A semana iniciou com palestra na UBS do Bairro dos Minérios, sobre orientação a respeito de Prevenção a Acidentes Domésticos, ato que reuniu diversos idosos que aprovaram o evento.  “Foi muito importante a palestra; deixa a gente mais alegre e animado ao aprender coisas simples que ainda não sabíamos. Nós, idosos, não temos muita segurança física podendo cair com facilidade, além da falta de conhecimento. Por isso, a importância de ter alguém para nos orientar”, disse dona Roseni Teixeira, participante da palestra.

A gerente da UBS do bairro Cidade Jardim, Priscila Dark, falou da importância de dar atenção exclusiva aos idosos. “É muito importante, se levarmos em consideração que a terceira idade é para muitos a idade da fragilidade, mas deve ser olhada como a idade da experiência”, afirmou Priscila, dando como presente o grupo de Hiperdia (atenção à hipertensão e diabetes), sendo que cada equipe tem seu dia específico para atender somente ao idoso nos períodos da manhã e à tarde.

Deixe uma resposta